Brasileiros do Toronto Raptors pedem dispensa e desfalcam Brasil no Pan

Quem olhou atentamente à convocação feita na tarde desta segunda-feira (25) pelo técnico da Seleção Brasileira Masculina de Basquete para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, notou que duas das principais promessas do esporte ficaram fora da lista. Bruno Caboclo e Lucas “Bebê”, que atuam no Toronto Raptors, optaram por não disputar o torneio continental para tentar se firmar na franquia canadense.

LEIA MAIS:
Com maioria de atletas do NBB, Magnano convoca Seleção para o Pan

A dupla, através de um comunicado, optou por não fazer parte da competição continental para poder aproveitar as férias da NBA para, posteriormente, conseguir um espaço no time da franquia canadense. Os dois atletas revelaram que Magnano entendeu a situação dos dois e manifestaram o desejo de defender a Seleção Brasileira nos próximos torneios que o time vier a disputar.

“Quero agradecer ao Magnano por ter sido compreensivo e continuar acreditando em mim. É uma decisão difícil, deixar de disputar um campeonato como o Pan, especialmente na cidade em que eu moro atualmente, mas é um investimento que estou fazendo na minha carreira, preciso me dedicar ao Toronto nesse verão”, comentou Lucas Bebê.

“Magnano entendeu os meus motivos e agradeço a ele. Deixei claro que ele pode contar comigo, mas que esse era um momento de ganhar espaço na equipe, mostrar meu basquete, buscar meu lugar no Raptors para a próxima temporada. Quero que o meu futuro seja na Seleção Brasileira, ter a minha história com a camisa do Brasil, e vou fazer o meu máximo para que isso aconteça”, disse Caboclo.

Sem nenhum jogador da NBA na lista de convocados, Magnano optou por chamar um grupo de atletas do NBB, principal liga do basquete brasileiro, exceção feita a Rafael Luz, Raulzinho e Augusto Lima, que atuam na Espanha. O time estreará no Pan no dia 21 de julho, frente a equipe de Porto Rico.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.