A “segunda chance” de Daniel Cormier no UFC 187

Daniel+Cormier+UFC+182+Jones+v+Cormier+icJKvQXmNMDl

Após a decisão de forma unânime favorável ao ex-campeão da divisão Jon Jones diante de Daniel Cormier em janeiro desse ano, no UFC 182, boa parte dos fãs de MMA ficaram frustrados. Sendo o lutador que apresentava um cartel perfeito até então (15 vitórias em 15 aparições), existia a expectativa que Cormier endurecesse mais a vida do campeão dos Meio-Pesados ao aplicar seu afiado jogo de grappling. Mas o que se viu foi quase um monólogo de Jones, aproveitando a envergadura e colocando Daniel no solo através de sua maior especialidade: O wrestling.

LEIA MAIS

Palco do UFC 187 deste sábado, Las Vegas é atingido por terremoto
Weidman e Belfort fazem encarada tensa e campeão diz que rival ainda trapaceia

Quatro meses após seu primeiro revés como atleta profissional de MMA, Daniel foi beneficiado pelos problemas em que “Bones” se envolveu e acabou sendo eleito como o substituto imediato para encarar o também norte-americano Anthony Johnson pelo título definitivo da divisão. E, dessa vez, Cormier conta com o favoritismo da bolsa de apostas de Las Vegas, sendo considerada uma zebra a possível vitória de “Rumble” no evento de logo mais.

Entretanto, se depender dos desempenhos recentes, é melhor os apostadores analisarem bem em quem colocarão suas fichas.

Desde que retornou ao UFC, em abril do ano passado, Anthony demonstrou que veio para estremecer a categoria até 93 kg. Das três vitórias que obteve (Phil Davis, Rogério Minotouro e Alexander Gustafsson), as duas últimas vieram por meio de nocautes devastadores ainda no primeiro assalto.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista formado em 2012 pela FIAM e que tem paixão por esportes, destacando-se Futebol, MMA, Basquete e Automobilismo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports.