4 motivos para ver a final do NBB7 entre Flamengo e Bauru

NBB7

Nesta terça-feira, às 19h30, o HSBC Arena vai ferver com a 1ª partida, de melhor de três, da final do NBB7. De um lado, os cinco vezes finalista Flamengo, liderado por José Neto e Marcelinho Machado, que busca seu quarto título no Novo Basquete Brasil. Do outro, os estreantes Bauru, dirigidos pelo técnico Guerrinha e pelo ala Alex Garcia, que vêm para quebrar a invencibilidade do time carioca e levar o título para o estado de São Paulo, pela primeira vez. Essa partida promete e, por isso, o Torcedores.com separou quatro motivos para acompanhar a final do NBB7. Confira:

LEIA MAIS
Com maioria de atletas do NBB, Magnano convoca Seleção para o Pan
6 jogadores para ficar de olho na final do NBB7

Cheerleaders e mascote da NBA 
Pela primeira vez, uma final de NBB não contará apenas com o show dentro de quadra dos jogadores, nos 40 minutos de bola rolando. O intervalo também será especial com a apresentação das dançarinas do Orlando Magic e do mascote do Phoenix Suns. Conhecido como Gorilla, ele é o mascote oficial dos Suns há 35 anos e é considerado um dos melhores da NBA pelo seu jeito energético e a habilidade com as enterradas. É sua primeira aparição no Brasil, mas ele já visitou a Argentina, Austrália, Canadá, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hong Kong, Itália, México, Holanda, Noruega, Espanha, Suíça e Reino Unido.

Duelo entre jogadores de seleção
Alex Garcia, Marcelinho Machado, Marquinhos, Olivinha, Ricardo Fischer, Larry Taylor, Rafael Hettsheimeir e Benite podem estar em clubes diferentes. Mas, em um dado momento estiveram ou estarão no mesmo lado da quadra defendendo um  mesmo time. Afinal, todos eles já integraram (ou vão integrar pela primeira vez no Pan Americano), a seleção brasileira.

Sem contar com os jogadores estrangeiros Nicolás Laprovittola e Walter Herrman, que já foram chamados algumas vezes para jogar pela seleção argentina de basquete em Mundiais e Jogos Olímpicos. Aliás, Herrman conquistou com a Argentina a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, em 2004, ao lado de Ruben Magnano, então técnico da seleção vizinha na época.

Os melhores do NBB7
Além de disputarem o título do NBB7, Rafael Hettsheimer, Alex Garcia, Marquinhos, Olivinha, Meyinnse, Ricardo Fischer e Benite concorrem a um ou mais troféus de melhores da atual temporada. Benite, que acabou de ser chamado para a defender a seleção brasileira no Pan Americano, concorre ao prêmio de melhor sexto homem. Outro jovem que está na lista dos melhores é Ricardo Fischer, que aos 24 anos disputa o prêmio de melhor armador e jogador que mais evoluiu. Já os veteranos Alex Garcia, de 35 anos, Marquinhos, de 30 anos, e Rafael Hettsheimeir, de 30 anos, competem  pelo prêmio de MVP do campeonato. Aliás, Alex e Marquinhos ainda são candidatos a melhor ala da temporada. Já Meyinsse, Olivinha e novamente Hettsheimeir disputam o troféu de melhor pivô da atual temporada.

Guerrinha vs José Neto
O Flamengo, do técnico José Neto, vem para sua quinta final, sendo a terceira consecutiva, e quarto título do NBB. Mas, o estreante em finais do campeonato Bauru não fica tão atrás assim. Apesar de não ter levado nenhum troféu do NBB para casa, o time de Guerrinha conquistou as últimas edições do Campeonato Paulista, da Liga Sul-Americana e da Liga das Américas. Sem contar que, em setembro, disputará a Copa Intercontinental contra o Real Madrid. O último a conseguir o feito foi o próprio Flamengo, em 2014.

Foto: Divulgação



Jornalista pós-graduada em jornalismo esportivo e apaixonada pelo basquete desde os 11 anos de idade, independente do campeonato e da nacionalidade.