Volante Tinga, do Cruzeiro, anuncia a aposentadoria

O volante cruzeirense Tinga, 37 anos, anunciou em evento neste sábado, em Porto Alegre, que está pendurando as chuteiras.

LEIA MAIS:
Cruzeiro retoma interesse por Valdívia. Palmeiras não recebeu proposta

Segundo o site Zero Hora, o atleta falava sobre racismo à alunos de uma escola, quando, emocionado, acabou divulgando a data em que pretende se aposentar. O meio-campista joga somente até o dia 31 de maio, quando encerra o vínculo com o clube mineiro.

“Estou orgulhoso em dar essa notícia para um grupo de pessoas que acreditam que um mundo melhor é possível através de pequenas atitudes”, declarou o volante, que em 2014 foi alvo de gritos racistas em jogo do Cruzeiro contra o Real Garcilaso, no Peru, pela Copa Libertadores.

O porto-alegrense Paulo César Fonseca do Nascimento, o Tinga, foi revelado pelo Grêmio, em 1997. Com a camisa gremista, faturou os títulos do Campeonato Gaúcho (1999 e 2001) e da Copa do Brasil (1997 e 2001). O atleta teve passagens pelo Kawasaki Frontale-JAP e Sporting-POR. Em 2005, o volante retornou ao Brasil para defender as cores do Inter, onde foi bicampeão da Copa Libertadores (2006 e 2010). Rodou também pelo Borussia Dortmund-ALE. Está no Cruzeiro desde maio de 2012, fazendo parte do elenco bicampeão brasileiro (2013 e 2014).

crédito foto: Washington Alves/Vipcomm



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)