Opinião: Última rodada do Paulistão não teve surpresas

Paulistão

A última rodada da primeira fase do Paulistão serviu para decretar a queda de Portuguesa e Penapolense, essa que brigava até os 25 minutos do segundo tempo por uma vaga nas quartas de final. Grupo do Palmeiras contribuiu com o rebaixamento de três. Definição das datas e horários acontece nesta quinta-feira.

O que era para ser apenas uma rodada de fechamento da primeira fase do Paulistão, trouxe, ao menos no fim, um pouco de emoção em um campeonato cansativo e fraco.

Começou com um gol do XV de Piracicaba sobre o Corinthians, mas que ainda no primeiro tempo tomou a virada, mesmo alternando bons momentos na partida. No fim conseguiu o empate e a classificação, graças a derrota da Penapolense contra o descompromissado São Bento, por 1×0.

Com um regulamento estranho e não cumprido, a Penapolense brigava pela vaga para as quartas de final e ao mesmo tempo para escapar do rebaixamento. Com a derrota, a equipe de Penápolis foi do céu ao inferno em poucos segundos.

Em Itu, num jogo fraco tecnicamente, mas com emoção até o fim, a equipe local empatou com o Palmeiras por 2×2. Esse foi o primeiro empata da equipe de Palestra Itália na competição. Com 31 pontos, caso passe de fase, o Palmeiras jogará fora as semi-finais.

No Morumbi, o São Paulo bateu a Portuguesa por 3×0 e decretou a queda da equipe do Canindé para série A2 do Paulistão. Essa é a quarta queda da Lusa, em quatro anos. O resultado não pode empolgar os Tricolores, mas mostra que um pouco de vontade a equipe do São Paulo pode conseguir a classificação, tanto no Paulista como na Libertadores.

Confirma os confrontos das quartas de final

São Paulo x RB Brasil

Corinthians x Ponte Preta

Palmeiras x Botafogo-SP

Santos x XV de Piracicaba

Hoje acontece a definição das datas e horários para as partidas. Com grande possibilidade de São Paulo jogar no sábado às 18h30, Corinthians no domingo às 11h, Santos, às 16h e Palmeiras jogando em plena segunda-feira, às 21h30.

Com o regulamento entranho, podemos esperar de tudo.

Foto: Reprodução/Facebook