Thiago Ribeiro admite chateação com diretoria do Santos: “queria ser valorizado”

SAO PAULO, BRAZIL - SEPTEMBER 21: Thiago Ribeiro of Santos reacts during a match between Santos and Figueirense of Brasileirao Series A 2014 at Vila Belmiro Stadium on September 21, 2014 in Santos, Brazil. (Photo by Miguel Schincariol/Getty Images)

O atacante Thiago Ribeiro foi apresentado nesta quarta-feira como novo reforço do Atlético-MG, mas o antigo clube, o Santos, ainda foi assunto. O jogador admitiu ter deixado o clube paulista chateado.

LEIA MAIS
Mercado da bola: Santos estuda contratação de Cristóvão Borges, diz jornal
Santos: Diretor de marketing priorizará reforma no sócio-torcedor
Opinião: Santos mostra em clássicos que pode brigar de igual para igual com os grandes

“Desde que me apresentei no começo do ano no Santos perdi a conta das vezes que vi notícias de que eu seria emprestado ou sairia por causa do salário. E nunca ninguém me defendeu, disse que contaria comigo. Por isso entendi que era o momento de deixar o clube, queria ser valorizado”, disse Thiago ao canal ESPN Brasil.

O jogador tinha um dos salários mais altos do elenco santista – cerca de R$ 280 mil – e não se encaixava na nova filosofia financeira do clube. Por isso, entrou na lista de dispensáveis e acabou emprestado ao Atlético-MG até junho de 2016.

O Peixe diminuiu a folha salarial pela metade desde a virada do ano com as saídas de Aranha, Edu Dracena, Arouca, Mena, Leandro Damião e por último Thiago.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.