Santos é o único grande sem zebra no retrospecto de mata-mata; relembre

Divulgação/Santos FC

O Santos vai enfrentar o XV de Piracicaba nas quartas de final do Campeonato Paulista. Dono da segunda melhor campanha, o Peixe pode ficar tranquilo: a zebra costuma passar longe da Vila Belmiro quando o assunto é o mata-mata do estadual.

Com exceção da derrota para o Ituano, na final do Paulistão do ano passado, o Santos se impõe diante dos times “pequenos” na hora que o campeonato afunila. Em 2014, o próprio Ituano chegou à decisão após eliminar o Palmeiras na semifinal. Antes disso, o Penapolense despachou o São Paulo nas quartas de final.

Em 2013, o Peixe foi novamente vice-campeão, desta vez para o Corinthians, em um campeonato em que os quatro grandes “compareceram”. O Palmeiras só não disputou a semifinal porque foi eliminado pelo prórpio Santos nas quartas. Mas, em 2012, os “pequenos” aprontaram. O Guarani, finalista, derrotou o Palmeiras nas quartas de final. Na mesma fase, a Ponte Preta venceu o Corinthians. O Santos não deu chance ao azar quando cruzou com o Bugre, na final, e foi campeão.

No ano anterior, o Santos também havia sido campeão, em cima do Corinthians. Em 2011, todos os quatro grandes chegaram à semifinal. Fato que não aconteceu em 2010. Apenas o São Paulo e o Peixe se classificaram para o mata-mata, enquanto Corinthians e Palmeiras não foram bem na primeira fase. Na decisão, o Santos levou a melhor sobre o Santo André.

Em 2009, também não houve sustos para os grandes. Todos chegaram à semifinal, com Santos e Corinthians disputando o título, que foi para o Parque São Jorge. Em 2008, ano do último título do Palmeiras, o Peixe sequer correu risco de eliminação por “pequeno”: em 7º lugar na primeira fase, a equipe não se classificou para o mata-mata.

Já em 2007, foi a vez de o São Caetano aprontar. O time do ABC eliminou o São Paulo na semifinal, com direito a vitória por 4 a 1 no Morumbi. Na decisão, o Santos foi melhor e foi campeão. Entre 2005 e 2006, o estadual foi disputado em pontos-corridos. O Peixe levou o título em 2006, enquanto o São Paulo levantou a taça em 2005.

O Santos conheceu o sabor de ser eliminado por um time “pequeno” em 2004: o alvinegro perdeu para o São Caetano na semifinal e deu adeus ao Paulistão daquele ano. O Azulão, aliás, havia superado o São Paulo nas quartas e foi campeão em cima de outro “pequeno”: o Paulista de Jundiaí, que na outra semifinal deixou para trás o Palmeiras.

Crédito da foto: Divulgação/Santos FC

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @matheusadami



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.