Rival de Ronda levará cinturão do UFC para a Paraíba se vencer

Reprodução/Facebook

Adversária da americana Ronda Rousey no UFC 190, dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, Bethe Correia afirmou que levará o cinturão para sua terra natal, Campina Grande, na Paraíba, caso vença a campeã do peso galo (61kg) no duelo.

LEIA MAIS:
Bethe Correia, para Ronda: “Serei seu pesadelo”
“Vou assassinar Ronda Rousey”, diz Bethe Correia, provável adversária pelo cinturão
Ronda aceita desafio e quer enfrentar Bethe Correia no Brasil

“Isso é uma promessa. Quando eu massacrar a Ronda, a primeira cidade que eu vou pisar com o cinturão vai ser Campina Grande. Eu quero tirar fotos com a cidade inteira e desfilar pelas ruas dela. O título vai ser dos cidadãos de Campina Grande”, disse Bethe.

Bethe e Ronda trocam provocações há tempos. Foi dessa forma que a paraibana se credenciou para encarar Ronda, mesmo estando longe do top 3 da categoria. Atualmente, a brasileira é a número 7 do peso galo feminino. De tanto provocar, Bethe chamou a atenção de Ronda e do UFC. E ganhou a chance de disputar o cinturão.

“Fiquei muito feliz pela confirmação dessa luta. Era um sonho que virou realidade. Eu pedi tanto, e agora vou ter que fazer acontecer. Nunca lutei pelo UFC no Brasil, vou ser a primeira mulher brasileira a disputar um cinturão do UFC, ainda por cima no nosso país, e isso é uma honra e uma responsabilidade muito grande. Mas eu estou pronta pra isso”, falou.

Assim como Ronda, Bethe está invicta. Em nove lutas profissionais, venceu todas. Ronda tem 11 triunfos em 11 embates.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @matheusadami



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.