Palmeiras não vai bem, empata com Ituano e termina 1ª fase como “pior” grande

Palmeiras

Em noite marcada por confusões, faltas duras, cartões e um juiz totalmente atrapalhado, o Palmeiras acabou empatando com o Ituano por 2 a 2, em Itu. Rafael Marques abriu o placar para o Verdão, Ricardinho e Clayson viraram para o time do interior, e o jovem lateral João Pedro empatou.

Com o resultado, o Palmeiras foi aos 31 pontos, ficando atrás de Corinthians, Santos e São Paulo. Por ter sido o “pior” entre os grandes de São Paulo, o Verdão, de acordo com o regulamento do campeonato paulista teria que mandar o seu jogo eliminatório diante do Botafogo-SP fora da capital. A Polícia Militar é contra a realização de dois jogos de grande porte no mesmo dia.

Um acordo entre Federação Paulista, Policia Militar e os clubes poderiam mudar o que prevê inicialmente o regulamento da competição. Umas das possibilidades é que o Palmeiras jogue na segunda-feira, e São Paulo e Corinthians respectivamente no fim de semana. A definição sobre o caso sai às 11h da manhã desta quinta-feira.

A partida

A primeira etapa da partida foi péssima. O arbitro Antonio do Prado deixou rolar solta a violência. E para não perder o costume, quem mais sofreu foi o chileno Valdívia. E foi só. Fim do primeiro tempo!

Para preservar o seu camisa 10, Oswaldo de Oliveira o trocou por Robinho. O time de Itu, quase abriu o placar com o meia Cristian, mas o jogador acabou furando a bola. Em seguida, aproveitando confusão na área, Rafael Marques abriu o placar. 1 a 0 Verdão. O Ituano aproveitou as falhas incríveis da zaga palmeirense para virar o jogo com Clayson e Ricardinho.

Quando o revês parecia perto, o Palmeiras acabou empatando o jogo com o lateral João Pedro, aos 38 do segundo do tempo, em chute forte cruzado.

Crédito da foto: Divulgação



Estudante de Jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi. Apaixonado por futebol e fã do Bayern de Munique. E um admirador do bom jornalismo.