Por semi, Cruzeiro tenta adiar jogo da Libertadores, mas cogita viajar direto do Horto

BELO HORIZONTE/ MINAS GERAIS / BRASIL (26.11.2014) Atlético x Cruzeiro - no estádio Mineirão - Final da Copa do Brasil 2014 - foto: Bruno Cantini

A diretoria do Cruzeiro não protestou após a Federação Mineira de Futebol marcar o primeiro jogo da semifinal do Mineiro para este domingo, no Independência. Porém, o clube adota medidas para tentar amenizar os efeitos para o jogo de terça-feira, pela Libertadores.

O clube celeste disputará o clássico, o primeiro da semifinal, no domingo, às 16h, no Independência. O presidente cruzeirense, Gilvan de Pinho Tavares entrou com pedido junto a Conmebol para adiar o duelo contra o Lanús, na Argentina, para a quarta-feira.

Porém, o Cruzeiro acredita que terá pouco sucesso no adiamento da partida e já cogita um plano B, viajar em voo fretado já na noite de domingo para a Argentina, logo depois do duelo contra o Atlético.

“Ainda temos uma esperança que o jogo (contra o Huracán) seja na quarta. Se não for, vamos do Independência direto para Confins, ainda no domingo. Sairemos em voo fretado às 22h”, explicou o supervisor de futebol Benecy Queiroz.

Cruzeiro abre mão de ingressos

A diretoria celeste abriu mão da carga de 10% dos ingressos que tinha direito para o primeiro jogo da semifinal do Mineiro, no Horto. Assim, o clube não terá torcedor presente ao local.

Ao mesmo tempo, os dirigentes tentam a antecipação do segundo jogo da semifinal para o sábado, dia 18, no Mineirão. Isso para evitar novo desgaste já que atuará na terça-feira, 21, pela Libertadores, no último jogo da fase de grupos da Libertadores.



Jornalista, foi repórter do UOL Esporte por sete anos, nos últimos quatro, como setorista do Atlético-MG. Cobriu também Cruzeiro, vôlei, UFC, natação. Formado pela Newton Paiva, é colaborador em Belo Horizonte do Torcedores.com