Opinião: Um “novo” São Paulo organizado e com padrão tático

São Paulo

Na partida deste sábado, no estádio do Morumbi, válida pelas quartas de finais do Campeonato Paulista contra o Red Bull Brasil, o São Paulo venceu por 3×0 com gols de Rogério Ceni, Alexandre Pato e PH Ganso. Não somente jogando bem, o time estava organizado em campo e com um padrão tático, diferente do que vinha acontecendo nos últimos jogos comandado pelo ex-técnico Muricy Ramalho.

O interino Milton Cruz adotou a sua equipe em um 4-1-4-1. No meio campo, com Ganso e Michel Bastos abertos, Souza e o estreante Wesley por dentro, Denílson a frente da defesa e Pato isolado no ataque. Após o intervalo, o time subiu a campo num 4-4-2, com Ganso mais a frente e Wesley cobrindo a posição do seu companheiro. Assim, o camisa 10 deu uma assistência e fez um gol.

A proposta do adversário era clara, se defender, explorar os erros do Tricolor e depender da famosa “uma bola”, aplicada por times menores ao jogar fora de casa. No primeiro tempo houveram duas, a primeira depois de boa jogada na lateral seguida de um chute bem defendido pelo Rogério, e a segunda após um erro de passe do volante Souza, o centroavante do time de Campinas ficou cara a cara com o goleiro, que defendeu a sua meta e deixou o placar zerado.

Após isso, o goleiro artilheiro fez mais um gol na sua carreira – o 127° – com uma linda cobrança de falta próxima a área e abriu o placar. Logo no início do segundo tempo, Pato e Ganso decretaram a vitória.

Empolgada, a torcida do Tricolor gritou “Olé” e festejou a classificação às semifinais do estadual. Ganso, antes vaiado ao ser divulgado na escalação, foi aplaudido pela maior parte da torcida após ser substituído no fim da partida. Repetindo a organização em campo e o padrão tático, o time poderá render felicidade aos seus torcedores e obter bons resultados nas decisões que está por vir.

Crédito da foto: Reprodução/Twitter