Opinião: TL1, TL2 e pitacos para o GP da China de F1

Fonte: Instagram Mercdes F1

A fórmula 1 está de volta à China, local que tem em Hamilton seu maior vencedor. Muito se especulou sobre o que a Mercedes faria após ter sido derrotada em pista, o que as equipes trariam de atualizações.

LEIA MAIS: Tudo o que você precisa saber sobre o GP da China

Análises sensatas pré-treino livres dariam como certo um domínio das flechas de prata, principalmente pelo clima, a temperatura ficou por volta dos 15 ºC, a Ferrari só havia mostrado bom desempenho em temperaturas escaldantes, como na Malásia, por exemplo.

Hoje após os TL1 e TL2 a luz amarela estava acesa nos boxes da atual campeã do certame, Hamilton liderou, mas Raikkonen apareceu em segundo, com menos de 0s5 de diferença, embora pareça uma diferença abissal, Rosberg também deu o alerta: Seremos mais rápido na classificação, mas a Ferrari terá um ritmo de corrida muito parecido com o nosso.

Na frente a luta já está estabelecida, Mercedes e Ferrari duelarão, com certa vantagem dos carros prateados. Embora tenha tido “problemas” nos treinos com Bottas testando novos apêndices aerodinâmicos e Massa quase estampou o muro após sua asa móvel não fechar de maneira eficiente no final da reta, as Williams devem seguir sem incomodar as duas primeiras e também não serem incomodadas, sendo no momento a terceira força do campeonato.

A Renault colocou como meta para a corrida de Xangai alcançar as Williams, o que eu não acredito que aconteça, os Franceses da Renault afirmaram que realizaram mudanças nas unidades de força e que estas entregarão mais potência durante o final de semana, o que deve ser bom para a turma do energético, ToroRosso e RedBull, a tetra campeã agradece (ou não) o esforço e rumores nos levam a crer que a ToroRosso será adquirida pela montadora Francesa.

Correndo por fora após duas corridas infelizes, a Lotus também colocou como meta “incomodar” as Williams, pelo conjunto carro e motor até tem capacidade para isso, mas precisam realizar fazer uma corrida longe dos acidentes.

Force India alegou durante a semana que vai “atrasar o desenvolvimento” do carro por falta única e exclusiva de grana, é claro, então Perez e Hulk dificilmente farão algo melhor do que já apresentaram até agora na temporada.

A Sauber andou bem, mas ainda sigo com minha afirmação de que em condições muito propicias briguem por um ou dois pontos, Nasr fez o oitavo tempo no TL2, parece que a Sauber, assim como o motor Ferrari evoluiu, mas será um final de semana de muito trabalho (e um pouco de sorte) para conseguirem algum ponto.

Fiquei feliz quando vi Button na nona colocação e Alonso na décima segunda. De longe a McLaren foi a equipe que mais evoluiu desde a Austrália, claro que ainda (muito) longe do ideal a dupla de pilotos afirmou: Q2 é algo totalmente provável para esse final de semana.

A Manor continuará no fundo do grid, cada vez mais solitária, uma vez que não tem grana para realizar um desenvolvimento de ponta e outra que a McLaren evolui a cada corrida, a meta da equipe que renasceu das cinzas será sempre não ficar acima dos 107% e poder disputar as corridas, mesmo que não haja qualquer pretensão de pontos.

Fato interessante ocorrido durante o segundo treino livre: Um rapaz atravessou a pista e tentou seguir em direção ao pitlane, claro que foi contido por seguranças. O invasor chinês tinha uma meta simples: Testar um carro da Ferrari, não conseguiu é claro, mas sem julgamentos, conheço muita gente (eu inclusive) que gostaria de realizar tal façanha.

Com ou sem invasão os treinos continuam: na madrugada de sexta pra sábado as 01h00 tem o TL3, as 04h00 o Classificatório e na madrugada de sábado pra domingo o apagar das luzes vermelhas ocorre as 03h00.

Pitacos finais para a corrida( um pouco adiantados, diga-se de passagem) : ainda acredito em vitória da Mercedes, com Hamilton e uma briga boa entre Rosberg e os dois carros da Ferrari pelos lugares restantes no pódio. Na briga entre Massa e Bottas ainda acho que o Brasileiro leva a melhor sobre o companheiro. Acredito que RedBull supere sua irmã, ToroRosso que as Lotus irão brigar pelos pontos restantes. Em caso de chuva (remota possibilidade) ou acidentes, Sauber e Mclaren chegam aos pontos. Despertadores prontos, vem aí mais uma etapa do mundial de F1!



Serranegrense de 26 anos. Diferente da maioria dos escritores,não sou jornalista formado, e sim cientista, detalhe esse que não diminui minha paixão pela escrita automobilística. Apaixonado por esportes à motor desde criança, se há corrida passando na TV, paro pra assistir independente do que tenho pra fazer. F1, F-Indy, Motogp, Stock Car, Formula-E.