Maior do Rio, Flamengo ainda está longe de ser “grande” no sócio-torcedor

Reprodução/Instagram

O Flamengo tem a maior torcida do país. São aproximadamente 35 milhões de torcedores. Mas, deste número, apenas 54.661 fazem parte do programa de sócio-torcedor do Flamengo. O clube tem a maior base de associados do Rio, mais ainda está longe de fazer frente às maiores torcidas “associadas” do Brasil.

O Flamengo é apenas o 7º colocado no ranking nacional de sócio-torcedores. O Internacional, que lidera a relação, tem mais do que o dobro do Flamengo: 130.134 – em números verificados no site “Futebol Melhor” na noite da última quinta-feira (9).

Dentro do Rio, a situação do Flamengo até pode ser satisfatória. Mas ainda há muito a melhorar no “Nação Rubro-Negra. Confira a análise do Torcedores.com:

Número de sócios:

54.661 Adeptos

Evolução em 2015:

2.438. O Flamengo busca aumentar a base de associados. Logo na entrada do site, o clube faz enormes propagandas do programa.

Pontos fortes:

O preço do plano mais básico é barato: R$ 29,90 por mês, valor acessível.

Pontos fracos:

O cartão ingresso demora a ficar pronto. De acordo com o site oficial do Flamengo, o cartão será entregue em domicílio até 60 dias após a adesão. Com o cartão, o associado não precisa do ingresso, mas apenas do cartão na hora de passar na catraca do estádio.

Quanto custa:

Entre R$ 29,90 a R$ 199,90 por mês.

Divisão dos planos:

O Nação Rubro-Negra é dividido em sete planos: Tradição (R$ 29,90 por mês), Raça (R$ 39,90), +Raça (R$ 69,90), Amor (R$ 99,90), +Amor (R$ 129,90) e Paixão (R$ 159,90) e +Paixão (R$ 199,90). Basicamente, as diferenças são na antecedência com que os ingressos são disponibilizados e os descontos. Além disso, quanto mais caro o plano, mais possibilidades existem de compra de ingressos adicionais. Também são oferecidos descontos e benefícios em lojas diversas.

Opinião:

O Flamengo poderia aproveitar a massa da torcida para fazer um plano ainda mais barato, talvez, a R$ 9,90. Com esse valor ainda mais acessível, mais torcedores poderiam ser integrados a base de associados. Além disso, o Flamengo poderia fazer promoções nos moldes do Palmeiras: entrevistas e encontros de atletas com membros do programa de sócio-torcedor, visitas à sede social, centro de treinamento, camarotes no Maracanã… Possibilidades existem. Resta ao Flamengo abrir mais a cabeça para implantar medidas mais eficazes para tornar o plano melhor.

Crédito da foto: Reprodução/Instagram

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @matheusadami



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.