Lutador brasileiro é pego em exame antidoping após UFC Rio e suspensão é de um ano

Reprodução

O MMA brasileiro sofreu mais um baque nesta quinta-feira. Quase três meses após Anderson Silva ser flagrado em exame antidoping, mais um lutador do país foi pego por uso de substâncias proibidas. O peso leve Jorge Blade testou negativo para o uso de esteroides anabolizantes após o UFC Fight Night Rio.

LEIA MAIS
Fora do UFC Polônia por lesão, lutadora brasileira mostra boa forma em foto na praia
Ronda rebate Walmart após censura: “Sucesso é a melhor vingança”

O lutador, que foi derrotado por Christos Giagos no card preliminar do evento no Ginásio do Maracanãzinho, apresentou a substância Estanozolol e acabou suspenso por um ano pela Comissão Atlética Brasileira de MMA.

Inicialmente, a entidade apresentou na quarta-feira uma nota afirmando que nenhum dos 24 lutadores havia sido pego no doping, porém, emitiu outro aviso nesta quinta confirmando o caso de Blade.

O lutador brasileiro foi suspenso por um ano e só pode voltar a lutar em março de 2016.

Blade, de 35 anos, tem um cartel com sete vitórias e duas derrotas, ambas em eventos do UFC. O desempenho ruim e o caso de doping devem fazer com que ele seja demitido.

Crédito da foto: Reprodução



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.