Jogo da A-2 paulista tem público e renda maiores que decisão da Taça Guanabara

Foto: Wiliam Lima/Grêmio Novorizontino

O futuro dos estaduais foi colocado em dúvida novamente após o baixo público pagante no duelo entre Botafogo e Macaé, que deu ao time da Estrela Solitária o título de campeão da Taça Guanabara. Mas a força dos clubes do interior foi comprovada na mesma noite na Série A-2 do Campeonato Paulista. O Novorizontino levou mais gente e arrecadou mais que os cariocas no duelo contra o Guarani, em Novo Horizonte, nesta quarta-feira (8).

LEIA MAIS
Jogador do Santo André dispara contra clube no Facebook: “Esse time é uma b…!”

Enquanto o Botafogo levou 2.724 pagantes e arrecadou R$ 41.945,00 no jogou que valeu o primeiro título da temporada para uma equipe ainda traumatizada pelo rebaixamento no Brasileirão, o Novorizontino teve 3.728 pagantes, com renda de R$ 51.302,50. São quase R$ 10 mil a mais que fazem a diferença para os cofres de um time do interior paulista.

Os placares foram iguais. Botafogo e Novorizontino venceram diante de suas torcidas por 1 a 0. O Botafogo segue firme na luta pelo título do Carioca na fase do mata-mata, enquanto o Tigre manteve seu terceiro lugar no G-4, candidato ao acesso para a Série A-1 do Paulistão em 2016.

Força da A-2

Na terça-feira (7), com um jogo transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo SporTV e no horário das 21h30, a Ferroviária, líder da Série A-2, não superou a renda do Botafogo, mas levou mais gente que os cariocas. 3.473 pessoas pagaram para ver a vitória do time de Araraquara sobre o Santo André por 3 a 1.

Foto: Wiliam Lima/Grêmio Novorizontino



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.