Guia: Tudo o que você precisa saber sobre o GP da China

Getty Images

A temporada da Fórmula 1 2015 chega neste fim de semana a sua terceira etapa. Depois de ver a Mercedes dominar na Austrália, em Melbourne, e ser surpreendida pela vitória de Sebastian Vettel com sua Ferrari na Malásia, o circo da F1 coloca à prova a equipe alemã, que deve voltar a mostrar força no GP da China, em Xangai.

Nos primeiros treinos livres, o piloto Lewis Hamilton, líder do campeonato, dominou e marcou os melhores tempos. O inglês, atual campeão do mundo, tem mostrado muita força no duelo interno contra Nico Rosberg na Mercedes, uma briga que já vem desde o ano passado.

A Ferrari tem como preocupação uma possível aproximação da Williams. Antes de buscar uma nova zebra contra as Mercedes, a escuderia italiana leva como objetivo principal a manutenção do posto de segunda equipe.

Em crescimento desde o ano passado, a Williams ainda não conseguiu vencer na F1 após a reestruturação feita no fim de 2013. Viu a Red Bull levar três corridas em 2014 com Daniel Ricciardo, assistiu à vitória de Vettel com a Ferrari este ano, mas não consegue avançar do segundo lugar obtido por Massa na última corrida da temporada daquele ano.

O Torcedores.com preparou um guia com tudo o que você precisa saber sobre o GP da China. Reunimos nossa equipe de colaboradores nessa missão, da qual participaram Leonardo Marson, Daniel Almeida, Murilo Camano e Matheus Adami, com coordenação de Allan Simon.

Veja o índice do especial:

Mercedes luta para não voltar a perder dela mesma na China
Felipe Nasr terá dura luta para conseguir pontos na China
5 motivos para acreditar em novas surpresas da Ferrari
Quarto colocado após dois GPs, Massa vê bom início da Williams
Circuito da China recebeu a última vitória da carreira de Schumacher
Opinião: Xangai é ‘logo ali’, e a Ferrari está de olhos bem abertos
Vote: quem é o favorito a vencer o GP da China de F1?

Foto: Getty Images

 



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.