Galvão fala sobre vídeo polêmico com Pelé na Copa-94 e critica Revista Veja

Reprodução/Youtube

O narrador Galvão Bueno não se furtou de abordar temas polêmicos dos seus 40 anos de carreira em seu livro de memórias, o “Fala, Galvão”. O maior nome do esporte da Globo relembrou uma passagem com Pelé durante a Copa do Mundo de 1994 e falou sobre o assunto. Sobrou até para a Revista Veja.

LEIA MAIS:
Galvão Bueno lança seu livro na TV e admite o time que torce
Galvão revela o maior mico da carreira em seu livro de memórias
Tiago Leifert ‘ofusca’ lançamento de livro de Galvão Bueno

Galvão deu a sua versão sobre o vídeo que circula na internet em que ele aparece falando com a direção da Globo após a partida entre Brasil e Suécia. No vídeo, ele demonstra impaciência com o pedido que recebeu para fazer Pelé falar menos durante seus comentários.

“Depois da partida – empate muito ruim por 1 a 1 – uma parabólica acabou captando um pedaço da conversa que acabou sendo divulgado na imprensa. Passaram o jogo inteiro me enchendo o saco, dizendo que o Pelé estava falando demais. Era preciosismo, um erro de avaliação da Globo. Pelé nunca fala demais. Pelé é Pelé”, declarou Galvão em trecho do seu livro.

“Terminando o jogo, eu reclamei – fora do ar, evidentemente. A parabólica só captava o que eu dizia e ninguém ouvia o que respondiam. Então eu disse: “não posso desligar o microfone dele”. Pelé estava ao meu lado, ouvindo tudo, escutando os dois lados da conversa. Já cheio dessa lenga-lenga, eu perdi a paciência com quem estava reclamando de Pelé. Repito, ele estava do meu lado e dava risada de tudo. A revista Veja publicou só o que eu disse, e ficou parecendo que tínhamos brigado, o que jamais aconteceu”.

Confira o vídeo polêmico da Copa de 1994 de Galvão falando sobre Pelé:

Crédito da foto: Reprodução/Youtube



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com