Flamengo empata sem gols com o Nova Iguaçu e enfrentará o Vasco na semifinal

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Flamengo foi até Macaé, no estádio Moacyrzão, enfrentar o Nova Iguaçu, mas mesmo com o melhor que tem no elenco não conseguiu superar o Laranja da Baixada e, com um zero a zero, viu perder a segunda posição para o Botafogo e enfrentará o Vasco na semifinal do Estadual.

LEIA MAIS:
Sem o Flamengo, TV tem queda de audiência no Rio de Janeiro
Quem é o Rei dos Vices no Rio de Janeiro?; Veja

Talvez seja por descuido ou mesmo por falta de capacidade técnica, mas o fato é que o Flamengo não conseguiu superar o Nova Iguaçu. O grande problema disso é que o time rubro-negro perde a primeira colocação e a vantagem de dois empates em uma eventual final; contra o Vasco, na semifinal. tal vantagem que foi determinante no ano passado. segue valendo.

Na partida desta quarta, o time de Vanderlei Luxemburgo tentou, mas não criou. Se Mugni teve grande chance ao encobrir o goleiro Jefferson, o Nova Iguaçu teve situação parecida com Oliveira, sem, no entanto, ser capaz de balançar as redes.

Na segunda etapa, Deivid, que substitui Luxa à beira do campo, fez com que a equipe corresse mais, entretanto, o futebol não é atletismo. Marcelo Cirino teve boa chance e, no rebote de Jefferson, Alecsandro acertou o travessão impedindo que o Fla levasse o troféu da Taça Guanabara.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 0 X 0 FLAMENGO

Local: Moacyrzão, em Macaé (RJ)
Data-Hora: 8/4/2015 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ) e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Renda e público: 3.247 pagantes / R$ 117.240,00
Cartões amarelos: Rodrigues (NIG) e Eduardo da Silva (FLA)

NOVA IGUAÇU: Jefferson, Cesinha, Rhayne, Rodrigo Almeida e Rodrigues; Vinicius Matheus, Paulo Henrique, Luan e Dieguinho (Glauber, 31’/2ºT); Marlon (Dudu, 40’/2ºT) e Oliveira. Técnico: Carlos Vitor.

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Marcelo, Wallace e Anderson Pico; Jonas (Jajá, 31’/2ºT), Luiz Antonio e Mugni (Eduardo da Silva, 10’/2ºT); Marcelo Cirino, Gabriel (Matheus Sávio, 18’/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Deivid.

Foto: Flamengo/Divulgação