Eliminada pelo Corinthians, Ponte Preta reclama de gol mal anulado

Com a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, em Itaquera, a Ponte Preta foi eliminada nas quartas de final do Campeonato Paulista. Os jogadores deixaram o campo inconformados com a arbitragem, que no primeiro tempo invalidou gol legal de Renato Cajá.

LEIA MAIS:
Corinthians x Ponte Preta: assista ao gol que deu a classificação ao Timão

“Acontece, como sempre a arbitragem puxando para o lado do Corinthians. Mas saímos com a cabeça erguida e se não fossemos prejudicados sairíamos com a vitória”, desabafou Biro Biro, um dos melhores atletas do time de Campinas na partida.

O lance polêmico ocorreu aos 37 minutos do primeiro tempo, quando o placar ainda apontava 0 a 0. O lateral Juninho recebeu passe dentro da grande área e bateu cruzado em direção ao gol. Cássio defendeu e no rebote Renato Cajá, na mesma linha do penúltimo defensor, empurrou para o gol. No entanto, equivocadamente, o assistente Vicente Romano Neto invalidou a jogada.

A Macaca dominou as ações ofensivas na maior parte do jogo. Foi muito superior ao adversário nos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, o Timão melhorou e chegou ao gol da classificação do meia Renato Augusto.

Confira o gol mal anulado de Renato Cajá

crédito foto: PontePress/FábioLeoni



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)