Amaral chora ao salvar Capivariano do rebaixamento no Paulistão

Reprodução

O veterano volante Amaral foi às lagrimas ao comentar a permanência do Capivariano na Série A-1 do Campeonato paulista. O jogador de 42 anos jogou os 90 minutos da vitória por 3 a 1 sobre a Ponte Preta na última quarta-feira.

LEIA MAIS
Jogador do Santo André dispara contra clube no Facebook: “Esse time é uma b…!”

“É difícil. Muitos não acreditavam no meu futebol, joguei a primeira partida e machuquei. Graças a Deus voltei e mantivemos o Capivariano na primeira divisão”, disse Amaral na saída de campo ao Premiere FC.

Amaral interrompeu a aposentadoria para defender o time da sua cidade natal, mas pouco entrou em campo, já que sofreu com lesões. Um estiramento muscular tirou o veterano de campo por dois meses. O retorno foi justamente no jogo decisivo contra a Ponte.

“Falavam que eu estava velho, que não conseguia mais jogar. Mas o presidente confiou no meu trabalho e graças a Deus pude corresponder”, avisou.

O Capivariano terminou o Paulistão com 16 pontos e na terceira posição do Grupo D, livre do rebaixamento. Agora, caberá a Amaral decidir se continua em campo ou se aposenta mais uma vez.

Crédito da foto: Reprodução



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.