5 motivos para acreditar que o Palmeiras será Campeão Paulista

É fato: o time que o Palmeiras montou, mesmo sem entrosamento, tem total condição de levantar a taça do Paulistão ainda em 2015.

LEIA MAIS:
Valdívia não vai mais se pronunciar sobre renovação com o Palmeiras

Mas o palmeirense ainda não está muito confiante na equipe. Parece que ainda falta alguma coisa, alguma liga, alguma situação.

Na minha visão, falta um pouco mais de entrosamento. E o conhecimento entre jogadores foi visto contra o São Paulo e também contra o Mogi Mirim. Neste último jogo, porém, percebemos que o time deu uma pisada no freio quando poderia golear. Mas é completamente compreensível já que a fase final bate à porta do Verdão.

As derrotas contra Ponte Preta, Corinthians e Red Bull mostraram uma certa fragilidade da equipe, mas são acidentes que naturalmente aconteceriam com um time em plena formação.

Veja os motivos que podem considerar o Palmeiras como novo Campeão Estadual:

1) Entrosamento avançando
Como falei acima, o entrosamento entre os jogadores está melhorando. Já é possível ver Dudu e Robinho se entendendo, Rafael Marques se inserindo melhor no ataque e a zaga deixando de tomar gols fáceis (exceto o gol de Lulinha, do Red Bull).

Com a possibilidade de escalar Cleiton Xavier e Valdívia, Oswaldo vai ganhar mais duas opções criativas no meio e ampliar o leque de possibilidades.

2) O adversário das quartas
O Botafogo-SP não mete muito medo na próxima fase. O Verdão vai enfrentar o time do interior provavelmente no Allianz Parque (se vencer o Ituano amanhã). Se pensarmos bem, será um pouco difícil de perder a vaga na semifinal. Uma etapa à menos.

3) Moral para um possível clássico
Após a vitória contra o São Paulo por 3 a 0, o time mostrou um comportamento melhor contra times grandes. Apesar do São Paulo atravessar uma crise “infindável”, o Verdão se comportou bem e não mostrou nervosismo.

Se fizermos um comparativo entre clássicos, contra o Corinthians foi muito pior. O time não tinha entrosamento, não tinha tantas opções assim e ainda sofreu bastante com a forte marcação imposta pelo time alvinegro. Ainda assim, perdeu por apenas um gol.

4) Cartões zerados e mais possibilidades
Oswaldo de Oliveira poderá contar com quase todos jogadores. Zé Roberto, que já está pronto, é o pendurado da vez. Mas não assusta, já que Egídio deve estar pronto para jogar.

Fernando Prass, Dudu e Vitor Hugo entram zerados. Resolveram suas “pendências” contra o Mogi Mirim (Vitor Hugo resolveu até demais, já que foi expulso de campo e precisa só de um amarelo).

Diferente de 2014, o treinador do Palmeiras tem opções no banco em caso de problemas. Hoje, por exemplo, temos três goleiros qualififcados no elenco.

5) Tradição e torcida
Por último e não menos importante, a torcida do Palmeiras e a tradição do clube também pesam bastante. Nosso último título foi em 2012. Nosso último título Estadual foi em 2008. Ou seja, lá se foram sete anos brigando para ser Campeão Paulista e nenhum resultado foi obtido. Em 2014, a derrota para o Ituano ainda arde no peito palmeirense.

Como é possível ver no Allianz Parque, a torcida tem dado show. E pode ser, sim, um dos fatores multiplicadores de nossas chances de levantar a taça. Basta os alviverdes acreditarem e acompanharem a equipe.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.