Zagueiro dispensado do Vasco por falta de qualidade é destaque na Itália

O futebol tem surpresas que até mesmo o próprio futebol desconhece. Recentemente, o Vasco dispensou o jovem zagueiro Ítalo, de 18 anos, alegando que o atleta não possuía qualidade técnica para pertencer ao clube. O jogador, sem contrato, transferiu-se para os juniores da Internazionale-ITA e, no novo clube, já treina entre os profissionais e chama a atenção do técnico Roberto Mancini.

LEIA MAIS:
Para o Bom Senso FC. fair play financeiro da CBF não vai funcionar
Opinião: Corinthians e Flamengo terão mais jogos exibidos na Globo

Quem confirmou isso foi o próprio treinador do clube italiano, em entrevista recente a imprensa local:

“Ítalo é um zagueiro de bom porte físico e também de boa técnica. Ele é jovem, nunca chegou a jogar no profissional do Vasco e em teoria veio para os juniores, mas algumas surpresas acontecem. Sei que fiquei muito impressionado com esse cara”, disse Mancini, em entrevista recente na imprensa italiana, segundo o Globoesporte.com.

A saída de Ítalo do Vasco se deu de maneira curiosa. O jogador, que vinha se destacando nas categorias de base e já havia recebido assédio do futebol italiano em outras oportunidades, foi dispensado porque a nova diretoria o considerou sem qualidade técnica para fazer parte do clube, como confirmou o clube em comunicado enviado ao GE:

“O atleta foi liberado por deficiência técnica. Não estava nos planos do clube. Na avaliação do corpo técnico do time de juniores, ele não apresentava qualidade suficiente para integrar o nosso elenco profissional no futuro. Hoje, dentro do Vasco, estabelecemos novos padrões. Esses valorizam especificamente a parte técnica. Esse jogador não se enquadra nesses padrões. A rescisão de contrato foi feita mediante um acordo entre as duas partes “, diz o comunicado do Vasco.

Ítalo tinha 100% dos direitos econômicos vinculados ao Vasco da Gama, mas, desde o dia 11 de fevereiro, rescindiu seu contrato e foi para a Internazionale.

Foto: Divulgação/Vasco