Você sabe quem é o goleiro mais valioso do Brasil?; Confira o ranking

São Paulo

O site Transfermarket divulgou nesta terça-feira (09) a lista dos goleiros mais valiosos do futebol brasileiro. Em primeiro lugar está o arqueiro Cássio, do Corinthians, que no último final de semana salvou o Timão diante do São Paulo ao defender uma cobrança de pênalti de Rogério Ceni. Jefferson, titular da Seleção Brasileira, é o segundo colocado.

LEIA MAIS:
Gremista envolvida em injúria racial a Aranha hoje anda disfarçada, diz jornal
Romário será candidato a Prefeito do Rio de Janeiro em 2016

Cássio está avaliado em 5 milhões de euros (R$ 16,8 milhões), enquanto Jefferson é estimado em 4 milhões de euros (R$ 13,45 milhões). Curiosamente, é o goleiro do Botafogo o titular da Seleção. Outro convocado que está na lista é Marcelo Grohe, do Grêmio, cujo valor é o mesmo do defensor botafoguense: 4 milhões de euros (R$ 13,45 milhões).

Chama a atenção na lista dos dez primeiros colocados a presença de Aranha, ex-Santos, mas que atualmente defende o Palmeiras. Reserva de Fernando Prass e sem fazer uma partida, Aranha é mais bem avaliado do que seu companheiro, custando em torno de 2 milhões de euros (R$ 6,73 milhões).

Confira o Top 10 dos goleiros mais valiosos do Brasil:

1º – Cássio – Corinthians – 27 anos – 5 milhões de euros (R$ 16,8 milhões);

2º – Jefferson – Botafogo – 32 anos – 4 milhões de euros (R$ 13,45 milhões);

3º – Marcelo Grohe – Grêmio – 28 anos – 4 milhões de euros (R$ 13,45 milhões);

4º – Victor – Atlético-MG – 32 anos – 4 milhões de euros (R$ 13,45 milhões);

5º – Fábio – Cruzeiro – 34 anos – 3 milhões de euros (R$ 10,09 milhões);

6º – Paulo Victor – Flamengo – 28 anos – 3 milhões de euros (R$ 10,09 milhões);

7º – Wéverton – Atlético-PR – 27 anos – 3 milhões de euros (R$ 10,09 milhões);

8º – Diego Cavalieri – Fluminense – 32 anos – 2,5 milhões de euros (R$ 8,41 milhões);

9º – Vanderlei – Santos – 31 anos – 2 milhões de euros (R$ 6,73 milhões); e

10º – Aranha – Palmeiras – 34 anos – 2 milhões de euros (R$ 6,73 milhões).

Foto: Getty Images