Torcedor do Grêmio, Paulo Baier lamenta não ter jogado pelo clube

Divulgação

Paulo Baier já é um “mito” ou melhor um “Highlander” no Brasil, mas para ele ter esse reconhecimento ele tem motivos. Mesmo sendo um quarentão, ele continua fazendo seus gols pelos gramados do Brasil. O jogador, que hoje joga pelo Ypiranga-RS, já passou por 13 clubes, porém ficou faltando um na lista do vice-artilheiro do Gaúchão.

LEIA MAIS
Grêmio distribui anéis de cebola durante a apresentação de “Cebolla” Rodríguez
Com contrato curto, Cristian Rodríguez é apresentado no Grêmio e se diz pronto para estrear

Em entrevista ao globoesporte.com, Paulo Baier admitiu que quando pequeno era torcedor do adversário dele nesta quarta-feira, o Grêmio. Ele afirmou que não foi possível realizar este objetivo, pois o Tricolor nunca o procurou, mas que sempre deu o melhor jogando contra o clube de coração.

“Quando eu era criança, torcia para o Grêmio. Sempre fui gremista. Eu poderia ter jogado, já foi um sonho na minha carreira, mas as coisas infelizmente não aconteceram. O Grêmio nunca me procurou. Nunca esteve interessado, então não vejo como um marco negativo da minha carreira. Eu até já enfrentei  o Grêmio várias vezes, pelo Goiás, Palmeiras, Atlético-PR. Sempre procurei fazer meu melhor. Não será diferente nesta quarta”, afirmou Paulo Baier.

Após ser o destaque do Criciúma na fatídica campanha que culminou no rebaixamento do clube para a Série B do Brasileirão, o jogador se transferiu no início deste ano para o Ypiranga. Mesmo jogando em uma equipe modesta do Rio Grande do Sul, Paulo Baier continua mostrando que tem “lenha para queimar”.

O Ypiranga marcou 15 gols no Campeonato Gaúcho, sendo que cinco deles foram anotados por Paulo Baier, que é o vice-artilheiro da competição.

Foto: Divulgação



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.