Santos avisa que não pagará salários astronômicos e confirma interino contra o Botafogo-SP

Crédito da foto: Reprodução/Youtube

Após a demissão do técnico Enderson Moreira, o assunto no Santos é quem pode assumir o clube agora. Em entrevista nesta tarde de quinta-feira (5), o presidente Modesto Roma Jr. descartou contratar um treinador de alto custo. O novo comandante será com um salário que caiba no atual momento do Peixe, de readequações financeiras.

LEIA MAIS
Santos dispensa o técnico Enderson Moreira, diz jornalista
Saiba os três motivos que tiraram Enderson Moreira do Santos
Três técnicos estão cotados para assumir o Santos em 2015
Opinião: Saída de Enderson foi exemplo de falta de profissionalismo no Santos
Presidente do Santos nega ter demitido Enderson e diz não ter novo técnico

“Se grandes treinadores forem sinônimos de salários de R$ 600, 700 mil, eles podem se afastar. O Santos não tem perfil de clube de R$ 500 mil para treinador”, disse o mandatário santista. Ou seja, Abel Braga, um dos cotados, já foi descartado pela diretoria alvinegra. Dorival Jr. (que já passou pelo clube em 2010), Geninho e Dado Cavalcanti, por outro lado, se enquadrariam a essa realidade.

Roma Jr. também revelou que o novo técnico pode vir de um outro time. “Não descarte nenhum técnico. Mesmo estando em outro clube. O Santos começa, agora, a busca por um treinador”, explicou o presidente, que pretende definir o novo nome até o clássico contra o Palmeiras.

No domingo (8), contra o Botafogo-SP, o interino será Marcelo Fernandes (foto), auxiliado pelo ídolo Serginho Chulapa.

Crédito da foto: Reprodução/Youtube



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.