Rogério diz que pênalti perdido foi determinante para o resultado; Souza rechaça críticas

Getty Images

O São Paulo bem que tentou. Tentou muito. Mas não conseguiu vencer o rival Corinthians mais uma vez, no segundo clássico entre os dois na temporada 2015. Pior: perdeu de novo, e novamente sofreu gol de um carrasco histórico, desta vez, Danilo foi o encarregado. Como cereja do bolo amargo da tarde, Rogério Ceni ainda perdeu um pênalti.

LEIA MAIS:
Derrota para o Corinthians faz o São Paulo virar motivo de piada; Veja memes

O lance faria o Tricolor empatar o jogo e se sobressair psicologicamente na partida, já que na marcação da penalidade, o zagueiro corintiano, Gil, acabou expulso. Rogério mudou a forma de bater a cobrança e, ao invés de chutar em algum dos cantos, optou por bater no meio, com força. Cássio pulou para o canto esquerdo dele, mas a bola bateu em seu pé, explodiu no travessão e foi para longe do gol.

Lamentando o resultado, Rogério assumiu que, caso marcasse o gol, o São Paulo poderia ter tido melhor sorte na partida. “O time jogou melhor que na Libertadores, merecia um resultado melhor, mas, a falta do gol do pênalti tirou nossa possibilidade de vencer”, declarou o capitão aos repórteres, na saída para o vestiário.

Outro que bateu na tecla da falta de sorte foi o volante Souza. Para ele, o time demonstrou muita vontade em campo e pequenos detalhes determinaram o placar adverso. “Espero que a sorte comece a conspirar para nós”, disse. “Não adianta (a torcida) pedir raça. Não adianta vim aqui e cobrar a gente, tem que apoiar”, acrescentou, em referência aos gritos pedindo maior dedicação ao time, vindos das arquibancadas em momentos isolados do jogo.

A derrota para o Corinthians foi a primeira do São Paulo no Campeonato Paulista 2015 e apenas a segunda no ano – as duas foram para o rival. Mesmo com a derrota, a equipe Tricolor manteve o primeiro lugar no grupo 1, com 17 pontos, dois a mais que o vice-líder, Mogi Mirim.

Foto: Getty Images



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...