Rivelino tem dúvidas se Messi daria certo fora do Barcelona; veja

Campeão do mundo pela Seleção Brasileira em 1970, ídolo no Corinthians e no Fluminense e dono da perna esquerda mais talentosa da história do futebol nacional, essas são algumas das características de Rivelino, convidado do programa Bate Bola, da ESPN Brasil desta terça-feira (11).

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Daniel Alves acerta com PSG, diz rádio
10 jogadores brasileiros que mereciam um jogo de despedida

Participando da edição do programa ao lado de João Carlos Albuquerque, Mauro Cézar Pereira, Celso Unzelte e Gian Oddi, o craque conhecido como patada atômica fez interessantes considerações acerca de Messi e Cristiano Ronaldo, logo após o Real Madrid perder para o Schalke 04 por 4 a 3, mas avançar para as quartas de final da Liga dos Campeões.

Rivelino tem sérias dúvidas sobre o rendimento de Messi fora do Barcelona, já que no clube catalão tudo foi feito para ele render o seu melhor:

“O Messi foi criado em um esquema para ele jogar. Em um time montado para ele. Eu quero ver o Messi fora do Barcelona. O Cristiano já mostrou isso: que ele pode jogar em outro lugar”, disse Rivelino.

Para fundamentar seus argumentos, Rivelino fez uma comparação sobre o rendimento de Messi na Seleção Argentina e no Barcelona:

“Até hoje o Messi na Seleção nunca foi o Messi do Barcelona. Uma vez ou outra ele jogou ‘futebol’, mas não é o Messi do Barcelona”, analisou o ex-camisa 11 da seleção de 70.

Contudo, isso não significa que o craque argentino tenha um rendimento ruim. Para Rivelino, dentro do que é proposto, Messi dá conta do recado e até mesmo ele jogaria em função do camisa 10 do Barça:

“Se eu jogasse no Barcelona, jogaria para ele”, concluiu Rivelino.

Foto: Divulgação/ESPN