Relembre 5 pilotos que foram “tapa buraco” na Fórmula 1

Titular da McLaren na última temporada, o dinamarquês Kevin Magnussen foi “rebaixado” em 2015 para “tapa buraco” na Fórmula 1. Mas o jovem escandinavo de 22 anos será de extrema utilidade para a escuderia inglesa no Grande Prêmio da Austrália, dia 15 de março.

LEIA MAIS
Susie Wolff: a dura luta contra o machismo na Fórmula 1

O “tapa buraco” vai substituir o espanhol Fernando Alonso. O titular sofreu um acidente durante teste realizado em Barcelona no dia 22 de fevereiro. Alonso precisou ser hospitalizado em situação obscura. Há quem diga, até, que o campeão das temporadas 2005 e 2006 pela Renault teve amnésia após a batida. Fato é que o espanhol não vai correr na Austrália.

Mas a vida do piloto escandinavo como titular novamente não deve ser longa. Alonso já garantiu que estará “100%” no Grande Prêmio da Malásia, segunda etapa do ano, que acontecerá no dia 29 de março. Ou seja: Magnussen vai tapar buraco por apenas uma corrida.

A situação de Magnussen não tem nada de inédita. Não raro, pilotos se machucam, se acidentam ou são substituídos sem qualquer razão aparente. Confira outros cinco pilotos famosos que atuaram como “tapa buraco” na Fórmula 1:



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.