Palmeiras pressiona Adidas por aumento e renovação. Duas marcas entram na disputa

Fornecedora de material esportivo, que tem carta de intenção assinada com o Palmeiras, pode deixar o clube em breve.

LEIA MAIS:
Seleção Brasileira fará amistoso no Allianz Parque

A parceria entre Palmeiras e Adidas está estremecida. Depois de assinar uma carta de intenção no ano passado, o contrato de renovação ainda não foi oficializado e corre sérios riscos de não ser formalizado.

A diretoria do alviverde entende que a fornecedora precisa pagar mais. Os investimentos feitos no time, somado com a imagem do clube, que teve um aumento considerável com a arena e com os sócios torcedores, deu mais poder de “barganha” na renovação.

Em janeiro e fevereiro não entraram receitas da Adidas no caixa do clube. Enquanto não renovar, a empresa não vai injetar dinheiro. O fornecimento de material continua sendo feito com total normalidade.

Para renovar, no entanto, a Adidas terá mais uma dificuldade. Duas empresas entraram na disputa e ofereceram mais. Uma delas, de acordo com informações apuradas pelo Torcedores.com, é a Nike. Valores não foram confirmados, porém devem superar o contrato da adidas que, atualmente, é de R$ 19 milhões anuais.

Uma nova reunião está agendada para a próxima semana.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.