Opinião: É difícil apontar favoritos nos playoffs da Superliga

Chegou a hora dos playoffs na Superliga. Esse com certeza é o momento mais esperado por todos torcedores, patrocinadores e principalmente nós atletas. Momento em que todos os holofotes estão direcionados para as oito melhores equipes da competição, momento em que os corações dos 96 jogadores batem mais acelerados.

LEIA MAIS
Enquete: Rexona x Sesi já é o maior duelo do vôlei feminino brasileiro?

Apontar um favorito nesse momento é uma tarefa praticamente impossível, levando em conta o que aconteceu durante esses primeiros quatro meses de competição, não me atreveria a tal palpite, mas podemos especular.

Sada/Cruzeiro e Funvic/Taubaté foram as equipes mais regulares nessa primeira fase, e se levarmos em conta o retrospecto da Superliga, podem ser apontados como possíveis finalistas. Será?

Não podemos deixar a excelente equipe do SESI-SP de fora. Mesmo com alguns altos e baixos, detém a base da nossa seleção Brasileira, e nos últimos quatro anos disputou duas finais de Superliga, mostrando ter uma tradição nessa hora decisiva.

Por falar em tradição temos a equipe do Minas, a mais tradicional de todas, e nesse segundo turno cresceu muito de produção e com certeza fará um duelo disputadíssimo contra o Brasil/Kirin, que sofreu demais com contusões e a perda de jogadores importantes. Correndo por fora vem as demais equipes, Ziober/Maringá do craque Ricardinho, Canoas do experiente Gustavo, e Montes Claros que resgatou seus principais jogadores da campanha do vice campeonato de 2009.

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

Outro ponto positivo, e não podemos tirar o mérito da nossa Confederação, é que nessa fase final, o auxílio da tecnologia estará presente em todos os jogos. Já estava mais do que na hora, mas prefiro acreditar no ditado que diz: “antes tarde do que nunca” porque realmente é muito necessário, principalmente no masculino onde a velocidade do jogo já ultrapassou o campo de visão dos nossos árbitros, que estão sofrendo uma pressão incrível. Bola dentro para a nossa Confederação.

Agora é jogar!



Capitão do Sada/Cruzeiro. Principal levantador brasileiro na atualidade