Melhor jogadora de handebol do mundo e esperança para 2016. Quem é Duda?

No país do futebol, quem tem conquistado mais títulos para o Brasil são esportes muito praticados nas escolas, mas com pouco, ou quase nenhum espaço, na mídia. Primeiro, o vôlei com as equipes de Bernardinho e de José Roberto Guimarães. E nos últimos anos quem tem brilhado são as meninas do handebol.

O esporte, que é bastante praticado nas escolas do país, é uma das grandes esperanças de medalha nos Jogos Olímpicos de 2016, principalmente o time feminino.

Nesta expectativa por triunfos, quem se destaca é a armadora Duda Amorim, eleita no final de fevereiro a melhor jogadora de handebol do mundo pela Federação Internacional de Handebol.

Com seus 1,86m e potentes arremessos, Duda, de 28 anos, é há alguns anos o destaque da seleção campeã mundial em 2013 sob o comando do dinamarquês Morten Soubak.

A carreira de Duda começou aos 11 anos com o incentivo da irmã Ana, em Blumenal, sua cidade natal. Como profissional, a armadora defendeu Metodista/São Bernardo e USCS/São Caetano entre 2002 e 2005, quando foi para o handebol europeu.

Em 2006, iniciou a aventura no Velho Continente no Kometal Skopje, da Macedônia, mas os melhores momentos da carreira vieram no Gyori, da Hungria, a partir de 2009. Duda foi a primeira brasileira a conquistar a Liga dos Campeões da Europa, em 2013, feito que se repetiu ano passado.

Bicampeã dos Jogos Pan-Americanos e campeã e melhor jogadora do inédito Mundial de 2013, Duda se recupera de uma cirurgia para recuperar o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, mas nada que abale a confiança dela para os Jogos Olímpicos.

Antes disso, no entanto, a seleção brasileira joga o Pan de Toronto e o Mundial da Dinamarca, ambos em 2015.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.