Maicon é apresentado no Grêmio e diretor afirma não ter pago nada

O meio-campo foi apresentado oficialmente na manhã desta segunda-feira em Porto Alegre

Maicon não teve uma boa saída do São Paulo, pressionado pela torcida o jogador garantiu que assim que soube do interesse do Grêmio pediu para ser negociado.

“O que me fez vir para cá, a maneira que o Grêmio me tratou… Não queria nem escutar outros clubes interessados. Sempre falei para o meu empresário e para o São Paulo que eu queria vir para o Grêmio. Eu pedi para o diretor do São Paulo me liberar. Pela maneira que o Rui (Costa, diretor executivo) me tratou. Espero fazer o meu melhor” falou em sua primeira entrevista como jogador do Grêmio.

A passagem do agora camisa 19 do time gaúcho pelo tricolor teve altos e baixos. No começo do ano o jogador foi vaiado mesmo jogando bem na partida contra o Capivariano no Pacaembu. Apos ser subsistido o meia foi direto para o vestiário chateado.

“Sempre disse que responsabilidade é de todos. Se ganhar, ganham todos. Se perde, perdem todos. Lá no São Paulo aconteceu uma situação chata, mas já passou. A partir de sábado passado eu só falo do Grêmio. Agora é olhar para frente, o Grêmio também é muito grande, tem jogadores de qualidade. Estou muito feliz e espero fazer o meu melhor” afirmou o jogador.

Rui Costa, diretor executivo do Grêmio negou que o clube pagou R$ 1 milhão pelo empréstimo de Maicon. Segundo ele o time de Porto Alegre tinha crédito com o tricolor por causa de negociações anteriores. “Não pagamos 1 milhão pelo Maicon e nem envolvemos os jogadores da base. Não faríamos isso”, falou o dirigente.



Redação do Torcedores.com