Eurico Miranda crítica o Bom Senso, que rebate: “Demos risada dele”

Durante entrevista coletiva concedida para a apresentação de Dagoberto no Vasco da Gama, o presidente Eurico Miranda voltou a criticar o movimento Bom Senso F.C. Essa tem sido uma tônica do dirigente desde a campanha presidencial para reassumir o Gigante da Colina e, no poder, ele tem sido intransigente com a questão. Desta vez, no entanto, o representante dos jogadores respondeu o cartola.

LEIA MAIS:
Você sabe quais são os apelidos dos jogadores do Vasco? Confira
Você sabe quanto valem os jogadores do seu time? Confira

O ponto central para Eurico Miranda em desconsiderar o Bom Senso se dá pelo fato de que, para ele, a entidade responsável por representar os jogadores é o Sindicato. Nesta terça (3), em reunião realizada em Brasília para discutir o assunto, o presidente do Vasco pediu a palavra para contestar a presença de integrantes do Bom Senso no encontro, entre eles o jogador Gilberto Silva.

“Com o Bom Senso, eu não dialogo. Esse movimento é formado por estudante de teatro, acadêmico de não sei o quê. No Rio de Janeiro temos acadêmicos de tudo, até Acadêmicos do Salgueiro, que é uma escola de samba. Eles querem discutir um assunto que conhecem muito pouco”, disse o dirigente.

As declarações de Eurico, no entanto, não ficaram sem resposta desta vez. O diretor-executivo do Bom Senso, Ricardo Borges, respondeu ao mandatário cruzmaltino na mesma moeda:

“Engraçado ele falar de estudantes de teatro, quando ele (Eurico) é sempre muito teatral em suas falas. Demos risada dele lá atrás. Em dado momento ele diz que só fala com os jogadores, que não fala com representantes dos jogadores. É bom frisar que nós fomos autorizados pelos atletas a falar por eles. O Bom Senso é um movimento de melhoria do futebol como um todo e não somente para a melhoria do ponto de vista do jogador”, disse Ricardo Borges ao site da ESPN Brasil.