EXCLUSIVO: Confira uma entrevista com a mãe de Vitinho, novo craque da base do Vasco

Vasco

Na última semana de fevereiro saiu nos jornais que um jovem de 7 anos passou para as categorias de base do Vasco da Gama, e para saber mais sobre Vitinho Ramos e sua família que vivem em Joinvile, o Torcedores.com fez uma entrevista exclusiva com a mãe no atleta.

LEIA MAIS
Programa relembra o dia em que o Vasco tentou contratar Pelé
Martín Silva é convocado para amistoso do Uruguai e deve desfalcar o Vasco em clássico

Luana Lima, mãe de Vitor, nos contou tudo, desde como o Vasco chegou em seu filho, seus ídolos, o que espera dele no Vasco e também falou sobre o presidente Eurico Miranda; confira:

“O Vitinho é vascaíno desde muito pequeno, primeiro por conta do meu marido, e depois quando ele já começou a entender e acompanhar futebol, apenas confirmou sua torcida pelo Vasco. Ele treina futebol desde os 5 anos, mas tá na escolinha do Vasco em Joinvile a quase 1, então falei com o dono da escolinha sobre nosso interesse em sair da cidade já que aqui não tinha uma boa estrutura pro futebol do Vitinho, foi então que ele agendou o teste em São Januário”, contou a mãe do garoto.

Ao saber do interesse de outros clubes, entre eles, seu maior rival, Flamengo, Luana se mostrou segura e garante que a escolha certa foi o Vasco. “Decidi que seria o Vasco por ser o time dele e pelo histórico do Vasco quanto a base no Brasil. Para idade dele, 7 anos, são poucos times que fazem um trabalho sério, Geralmente só investem a partir dos 10 anos. Ele não fica muito por dentro das coisas, cuido com o que ele fica sabendo, só tem 7 anos e só quer saber de Vasco”.

Muitos jogadores começaram no futsal e foram para os gramados, onde se tornaram craques e ídolos de Vitinho, os ex-vascaínos Pedrinho e Felipe; Messi, jogador que fez Vitinho ganhar um apelido “Messi da Colina”, o Neymar e o português Cristiano Ronaldo.

“Ele joga muito melhor no campo do que na quadra. Claro que tem que fazer futsal até uma certa idade mas quando vai para o fut7 ou para o campo tem o mesmo desempenho. Para mim não é problema algum (comparação com Messi), é uma honra, agora, nem passo isso para ele por que não quero que ele cresça achando que tem que ser parecido”, revelou.

VITINHOA mãe de Vitinho também contou que as comparações não é só com Messi. “Uns acham parecido com Messi, outros, Neymar, Romário e até Maradona já falaram. Ele acaba tendo várias referências e acaba aprendendo com elas e fazendo parecido, vai vendo vídeos, treina e faz, é claro que vem o dom dele, é muito obstinado. Um dia viu uma reportagem do CR7 e ficou sabendo que era ambidestro, ai falo para mim “mãe, eu quero ser ambidestro” e começou a treinar. Hoje usa as duas pernas”.

Ao ser questionada de mudar de cidade e de vida para apostar em futebol de uma criança de 7 anos, Luana garante que vai dar certo, mas se não der não tem problema, foi uma tentativa, e como uma boa mãe, estava ajudando seu filho a realizar um sonho.

“Não existe risco, não tem problema algum se não for jogador, ele será o que quiser e hoje o que ele quer é ser jogador de futebol, então farei o possível para ajuda-lo. O Vitor é tão bom aluno quanto jogador, só tira notas altas e está adiantado em relação aos amiguinhos, inclusive penso em quando chegar no Rio, adiantar a serie dele. O Vasco tem colégio a partir da quarta serie. Vejo crianças com dons e talentos que crescem sem o apoio dos pais e se tratando do Victor não meço meus esforços, me viro para dar o melhor para ele e no momento é o Vasco. Dando certo ou não, não ligo, o que importa é que o que estava ao meu alcance eu fiz”

Luana também contou sobre a recepção dos dirigentes do Vasco, em especial do presidente Eurico Miranda. “Quanto ao Eurico, não tenho o que falar, a não ser que fomos muito bem recebidos por todos do Vasco, inclusive ele. Tivemos toda atenção dos dirigentes do clube após a seleção do Vitinho, conhecemos São Januário inteiro. Desde a sala de troféus, até a igreja, piscina, escola do Vasco, alojamento, refeitório, conhecemos todo o clube, até o tratamento da água. Incrível a estrutura do Vasco”

Luana até criou um perfil no Instagram (@vitinhoramos10) há duas semanas e já tem mais de 1000 seguidores. Mesmo fora das 4 linhas, Luana e sua família procuram dar o maior numero de assistências possíveis para Vitinho continuar marcando seus golaços.

Fotos: Reprodução/Facebook



Sou estudante de comunicação social na PUC-RJ, tenho 20 anos e apaixonado por esportes. Em meus textos busco colocar a melhor informação possivel com muitos dados e as vezes opinião. O melhor do PVC e do Rica Perrone juntos em um só