Confusão em jogo do Inter na Libertadores ocasiona bate-boca entre comentaristas

O jogo do Inter contra o Emelec-EQU, válido pela terceira rodada do grupo 4 da Libertadores, já acabou faz tempo, mas um acontecimento em especial, ocorrido nas arquibancadas do Beira-Rio, gerou uma discussão acalorada entre os comentaristas Fabio Sormani e Mano, do programa Fox Sports Rádio, nesta quinta-feira (05).

LEIA MAIS:
Flávio, de Pau Grande!? Jornalista dos Fox Sports conta quando foi confundido com um tarado
Relembre 5 fatos curiosos que aconteceram no canal Fox Sports

A discordância começou quando a emissora passava as imagens de uma pancadaria entre torcedores do próprio Inter, ocorrida em um dos setores do estádio Colorado, durante a partida contra os equatorianos. Mano argumentou, baseado na vestimenta dos brigões e no aspecto das cadeiras do local, que fossem todos eles torcedores “comuns”, o que corrobora a teoria que ele acredita, de que brigas em estádio são causadas por qualquer tipo de torcedor, não somente os organizados.

Incomodado com o pensamento do colega de bancada, Sormani passou a criticar veementemente Mano, dizendo que todos ali eram de torcida organizada, independente das roupas que vestiam e do aspecto das cadeiras do local. Nas palavras de Sormani, quem se envolve em brigas por causa de futebol não é o torcedor dito comum e nem nunca será, porque esse tipo de atitude é típica dos torcedores organizados.

Foi então que Mano passou a rebater Sormani e vice-versa, em um diálogo praticamente incompreensível. Os dois foram aumentando o tom de voz e passaram a apontar o dedo um para o outro, o que forçou o apresentador da atração, Benjamin Back, a levantar de sua cadeira, ir à frente da câmera, para tampar a imagem dos dois e pedir para a direção do programa cortar o áudio do microfone de ambos.

Depois, com os ânimos já arrefecidos, Mano discutiu novamente, desta vez com Victorino Chermont, que participou do programa por meio de um link ao vivo, já que não estava pessoalmente no estúdio. Victorino acusou Mano de estar defendendo as Torcidas Organizadas e foi imediatamente repelido pelo colega, que disse que suas palavras estavam sendo deturpadas.

No final das contas, o repórter Vagner Martins, setorista dos clubes gaúchos pelo canal, esclareceu que a confusão havia sido em um setor reservado para torcedores organizados e que o motivo da pancadaria foi o pedido, feito por torcedores “comuns”, para que uma faixa estendida pelos organizados no local fosse retirada, porque estaria atrapalhando a visualização da partida.

Sabedor do real motivo da briga, Mano se retratou com seus colegas e disse ter errado em sua avaliação. O comentarista é torcedor assumido do Corinthians e já comentou diversas vezes, durante o programa de rádio Estádio 97, do qual também participa, ter acompanhado Torcidas Organizadas nos estádios antes de virar um profissional da mídia esportiva.

Foto: Divulgação / Fox Sports



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...