Confira sete lutadores que entraram para a política

O clima da política brasileira está longe de ser dos melhores. E, mesmo com a situação em pontos menos críticos, atuar em cargos legislativos e/ou executivos sempre costumou ser algo atrativo para atletas. Romário, Bebeto, Dinei, Danrlei, Jardel foram alguns ex-jogadores de futebol que enveredaram pela política.

Com lutadores, não foi diferente. Embora os maiores representantes do mundo das lutas serem mais atuantes na política de outros países, o Brasil tem seus parlamentares oriundos dos ringues e tatames. Confira sete lutadores, alguns ainda em atividade, que entraram para a vida política:

1) Manny Pacquiao
O adversário de Floyd Mayweather no próximo dia 2 de maio é atuante na política das Filipinas. Manny Pacquiao (foto) foi eleito em 2010 para a Casa dos Representantes, uma espécie de Congresso Nacional do país asiático. Foi reeleito em 2013.

2) Vitali Klitschko
O ex-boxeador ucraniano entrou na vida política de seu país antes mesmo de pendurar as luvas e se aposentar dos ringues. Atua como parlamentar no Conselho Municipal de Kiev, capital do país, desde 2006. Em maio do ano passado, Klitschko foi eleito prefeito de Kiev.

3) Popó
Um dos mais famosos boxeadores do Brasil, Acelino Freitas, o Popó, foi deputado federal representando a Bahia entre 2011 e 2014. Não conseguiu se reeleger.

4) Arthur Virgílio
O fato não é muito conhecido, mas o prefeito de Manaus e ex-senador foi um lutador de jiu-jitsu nos anos 70. Hoje, o político é faixa vermelha (o grau mais alto) na arte suave.

5) Aurélio Miguel
Medalhista olímpico no judô, Aurélio Miguel foi eleito vereador em São Paulo em 2004, três anos após se aposentar dos tatames. Foi reeleito em 2008 e em 2012.

6) Vladimir Putin
O presidente da Rússia foi campeão de judô na juventude. Em 2012, foi condecorado com o 8º dan, o que lhe permite usar a rara faixa coral. Ele também praticou sambo, arte marcial russa, além de ter recebido faixas pretas “honorárias” no caratê e no taekwondo.

7) Éder Jofre
O “Galinho de Ouro” foi um dos nomes mais importantes do boxe brasileiro e mundial, ao conquistar diversos títulos. Em 1988 entrou para a política e foi eleito vereador em São Paulo, cargo em que permaneceu até 2000.

 

Foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.