Zagueiro campeão do mundo pode levar o Oscar neste domingo

Oscar
Reprodução

A cerimônia do Oscar, maior prêmio da indústria cinematográfica norte-americana, e que acontecerá no próximo domingo, já contemplou alguns filmes cujo tema é o esporte. Rocky – Um Lutador (1976) e Carruagens de Fogo (1981) venceram na categoria principal (melhor filme), enquanto Robert de Niro levou a famosa estatueta ao encarnar o famoso boxeador Jake la Motta no longa Touro Indomável (1980). Além disso, outros longas esportivos receberam indicação em algum tipo de categoria, caso de O Vencedor (2010), entre outros. Contudo, o inverso pode ocorrer na disputa em Los Angeles: um ex-atleta faturar o prêmio.

LEIA MAIS
Candidato à presidência da FIFA, Luís Figo propõe Copa do Mundo com 48 seleções

Trata-se do zagueiro Frank Lebouef, campeão mundial em 1998 com a França, e que faz uma rápida, porém decisiva participação, em A Teoria de Tudo (2014), cinebiografia do físico Stephen Hawking.

Lebouef interpreta o médico responsável por comunicar à Jane Hawking (esposa de Stephen vivida pela atriz Felicity Jones) que o físico terá de fazer uma traqueostomia – causando a perda de sua voz. Um papel pequeno, mas de grande importância para a trama. Por essa aparição, o francês pode entrar no seleto grupo de jogadores do passado que se envolveram em algum filme vencedor de Oscar. Por enquanto, apenas Neil Peterson (que jogou no escocês Dundee United nos anos 1930), foi vencedor do Oscar de melhor roteiro por Almas em Leilão (1960) – ele próprio escreveu a história -, e Eric Cantona, que participou de Elizabeth (1998) – filme vencedor na categoria maquiagem – estão no conjunto.

A Teoria de Tudo recebeu cinco indicações: melhor filme, ator, atriz, roteiro adaptado e trilha sonora original. Porém, a maior chance para Lebouef está justamente na categoria ator, uma vez que Eddie Redmayne, intérprete de Hawking, é o principal favorito. Nos outros quesitos o ex-zagueiro não deverá ter chances, uma vez que há fortes concorrentes, como Boyhood – Da Infância à Juventude e Birdman (Ou a Inesperada Virtude da Ignorância).

Antes de viver o médico que sentencia a perda da voz de Hawking, o zagueiro-ator atuou em Aliados (2014), produção francesa que narra uma história de amizade e sobrevivência em meio à 2ª Guerra Mundial.

Apesar de ter participado do grupo campeão do mundo em 1998 atuando pela França, Frank Lebouef teve uma carreira discreta. Atuou por Strasbourg, Chelsea, Olympique de Marseille e Al Wakrah (QAT). Porém, o ponto máximo em sua carreira foi participar do jogo no qual sua seleção se sagrou campeã: 3 x 0 sobre o Brasil, após ter herdado a vaga deixada pelo então capitão Blanc, suspenso na decisão. Ao encerrar a carreira futebolística, ele se mudou para Los Angeles, onde estudou no Instituto Lee Strasberg, que revelou nomes como Angelina Jolie e Mickey Rourke.

Assim, o Oscar pode ir para… Lebouef!

Foto: Reprodução



Douglas Almasi Santos é jornalista e escritor, tendo como experiência trabalhos no DataFolha e na liga amadora de futebol soçaite Chuteira de Ouro, em São Paulo. Além disso, é um apaixonado pelos esportes, sobretudo o futebol.