Sesi-SP enfrenta São Caetano de olho na liderança da Superliga Feminina

Reprodução/Facebook

A oitava rodada da Superliga Feminina de Vôlei está cheia de clássicos regionais. E uma dessas partidas é entre Sesi-SP e São Cristóvão São Caetano, no ABC Paulista, às 20h dessa terça-feira. A equipe da capital está na segunda colocação do campeonato nacional com 49 pontos, e tenta encostar no líder Rexona/Ades que tem 52 pontos.

VEJA MAIS

Após ressaca de carnaval, Superliga Feminina volta para decisão do turno

Na última rodada, o Sesi-SP enfrentou dificuldades para vencer o Brasília Vôlei em casa por 3 sets a 2. E para evitar novas surpresas em São Caetano do Sul, o técnico Talmo de Oliveira sabe que terá de controlar a força do adversário dessa noite. “Nós vamos enfrentar uma equipe que tem um conjunto muito bom, é bem treinada, bem organizada e leve. Elas  jogam rápido o tempo inteiro e se adaptaram muito bem a isso. Temos que entrar muito focado e muito determinado para buscar essa vitória”, disse o técnico vice-campeão da Superliga.

No primeiro turno da Superliga, o Sesi-SP ganhou com facilidade do São Caetano por 3 sets a 0 em casa. A partida marcou o reencontro das duas equipes após o São Caetano eliminar as favoritas na semifinal do Campeonato Paulista de Vôlei. Um dos fundamentos que o time da Vila Leopoldina pretende colocar para funcionar é o bloqueio, que tem na central Bia a melhor no fundamento da competição.

Para a atleta, enfrentar o Cristóvão São Caetano é um jogo sempre difícil, e que isso aumenta ainda mais a concentração do Sesi-SP. “Eu acho que elas vão vir para matar, elas precisam dessa vitória, fizeram um bom jogo contra o Osasco e estão com essa moral para vir forte contra o nosso time. Temos que entrar bem concentradas, sabemos que terão momentos dificeis no jogo, momentos que elas vão acelar, mas nós temos que ter paciência e estar preparadas para ir pra cima”, comentou.

Além de São Cristóvão/São Caetano e Sesi, a oitava rodada da Superliga Feminina tem os duelos entre: Brasília Vôlei x Rexona/Ades; Pinheiros x Molico/Nestlé; São Bernardo x São José dos Campos; Uniara/Afav x Maranhão/Cemar e Camponesa/Minas x Rio do Sul.