Ricciardo lidera manhã do segundo dia de testes da F1 em Barcelona

Daniel Ricciardo foi o piloto mais rápido do treino realizado na manhã desta sexta-feira (20) em Barcelona. A atividade integrou a segunda semana de testes da Fórmula 1, que está em seu segundo dia. Em um dia frio na cidade catalã, o australiano da equipe Red Bull colocou pneus macios em seu carro já na última hora da atividade e conseguiu em sua melhor passagem o tempo de 1min24s574.

LEIA MAIS:
Seis frases pra você entender a cabeça de Lewis Hamilton
Maldonado surpreende e lidera primeiro dia de testes em Barcelona
Susie Wolff culpa Felipe Nasr por acidente em Barcelona

A marca obtida por Ricciardo foi apenas um centésimo mais rápida em relação ao segundo colocado, Kimi Raikkonen, segundo colocado com a Ferrari, também com pneus macios. O mexicano Sergio Pérez marcou o terceiro melhor tempo com o carro de 2014 da Force India e pneus super-macios.

Coube ao australiano – único piloto a vencer os concorrentes da Mercedes no último Mundial – a única bandeira vermelha da atividade, quando seu carro apagou na saída do pit lane e precisou ser levado até os boxes, o que não o impediu de completar 64 voltas ao longo do treino.

O piloto que mais completou voltas nesta manhã foi o vice-campeão do mundo Nico Rosberg, com 66 giros e o quarto melhor tempo, distante praticamente um segundo de Ricciardo. Marcus Ericsson, companheiro de Felipe Nasr na Sauber, fechou 58 passagens, onze a mais em relação ao brasileiro Felipe Massa, que fez 47 voltas com o carro da Williams.

Mais uma vez quem menos andou foi a McLaren, que permitiu ao espanhol Fernando Alonso completar apenas 28 voltas. O motor Honda que equipa o carro da equipe inglesa necessita de uma peça que só deverá chegar à Espanha neste sábado (21).

O único piloto reserva a participar dos testes nesta manhã foi Jolyon Palmer, atual campeão da GP2. Com o carro da Lotus, o inglês concluiu apenas 31 passagens e ficou com a oitava colocação, a frente apenas do espanhol Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso.

A partir das 11h (horário de Brasília), os pilotos da Fórmula 1 retornam à pista para mais três horas de treinos.

Foto: Red Bull Content Pool



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.