Ribery alemão? Craque francês pensa em se naturalizar

Getty Images

Em entrevista ao jornal alemão Bild, o ex-jogador da seleção francesa Franck Ribery revela que está disposto a se naturalizar alemão. Adaptado no país, o craque do Bayern de Munique já prevê vida longa na Alemanha.

LEIA MAIS
Bomba da Segunda Guerra Mundial é achada no estádio do Borussia Dortmund
Ancelotti assume desejo de treinar a seleção italiana

“Por que não?”, indagou Ribery, acenando positivamente com a possibilidade de se naturalizar alemão. “Me sinto bem na Alemanha e se eu der este passo, se for me naturalizar, é também pela minha família e pelo nosso futuro”, ponderou o jogador.

Com 31 anos de idade, Ribery está prestes a completar oito anos no futebol alemão, todos no Bayern de Munique. O tempo no país, inclusive, pesa na decisão do jogador, que já se acostumou com a cultura do país e até mesmo é proprietário de uma linda casa na capital bávara.

“Meu filho Salif nasceu na Alemanha. Se ele quiser pode até jogar pela Alemanha”, afirmou o francês, que acrescentou: “O pé esquerdo dele é fantástico, igual ao do Arjen Robben. Acho que é por isso que gosto tanto do Arjen”.

Mas e a França? Ao menos na área esportiva, seu país de origem é uma página virada. “Eu fiquei muito, muito decepcionado com tudo o que aconteceu antes da Copa de 2014. Durante dois anos, na fase classificatória, fiz tudo pela seleção. Marquei mais gols e dei o maior número de assistências. A França se classificou por minha causa. Mas agora tudo já passou”, disse o quase alemão Franck Ribery.

Foto: Getty Images