Jornalista da Globo confirma interferência da emissora na escolha de locais dos jogos

Muito se fala sobre a interferência da Globo em relação a escolha dos horários e dos locais das partidas que ela deseja transmitir. Em alguns casos, a necessidade de um estádio com o mínimo de condições tecnológicas é necessário para o próprio êxito das transmissões, mas em outros nem tanto, pois, assim como a hora em que certas partidas começam, não têm justificativas plausíveis. Há dois dias, em seu Twitter, o jornalista Eraldo Leite, da Rádio Globo, confirmou o predomínio dos interesses de sua emissora no Campeonato Carioca.

LEIA MAIS:
Qual espaço na camisa do seu time é mais visível na TV?
Locutor do Sportv se diz cansado, faz desabafo e deixa redes sociais

Semana que vem, Botafogo e Flamengo farão o segundo clássico do Cariocão. Como mandante e arrendatário do estádio Nilton Santos, o Glorioso iria levar o duelo para lá, mas, a pedido da detentora dos direitos de transmissão, o jogo será no Maracanã, como postou Leite em seu Twitter.

É bom importante dizer que foi o Botafogo quem solicitou a mudança no local da partida junto à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, porém, os motivos para isso foram de atender aos interesses da emissora, a qual, em seis rodadas, não transmitiu nenhum jogo do time em 2015.

Parte interessada na situação, a detentora dos direitos de transmissão tem voz ativa na montagem das tabelas dos campeonatos que ocorrem no Brasil. Isso não é, necessariamente, positivo ou negativo, uma vez que é do interesse de todos que as partidas sejam exibidas, contudo, às vezes, influencia no mando de campo de certas equipes, como é o caso do Botafogo.

Imagem: Internet/Twitter