Ex-corintiano não se esquece do São Paulo e diz ter ficado p… no Tottenham

Getty Images - Após uma vitoriosa passagem pelo Corinthians, Paulinho foi para o Tottenham por 20 milhões de euros e é o volante mais caro já vendido no futebol brasileiro.

Paulinho está sorrindo à toa. Além de começar a recuperar o espaço no Tottenham, o volante comemorou a vitória do Corinthians, o seu ex-clube, no clássico contra o São Paulo pela primeira rodada da Copa Libertadores.

LEIA MAIS:
Corinthians fica perto de naming-rights da Arena em Itaquera
Opinião: O sexteto corintiano

“Vi o clássico, torci e mais uma vitória do Corinthians, né? Como sempre”, provocou o camisa 8, em entrevista ao UOL Esporte.

O meio campista foi titular dos Spurs no empate em 1 a 1 contra a Fiorentina-ITA no jogo de ida valendo vaga às oitavas de final da Liga Europa. O gol do time inglês contou com assistência do brasileiro.

Ídolo do Timão, Paulinho conquistou o Campeonato Paulista (2013), o Brasileiro (2011), a Libertadores (2012) e o Mundial (2012) no Parque São Jorge. No primeiro semestre de 2013 acertou a transferência ao Tottenham, que pagou 25 milhões de euros (mais de R$ 75 milhões). Apesar do início promissor, caiu de rendimento e chegou a ficar vários jogos sem ser relacionado.

Com o acúmulo de competições, o técnico Mauricio Pochettino passou a rodar mais o elenco, assim dando mais chances a Paulinho.

“Houve alguns momentos no início da temporada em que eu não estava jogando, mas, como sempre, fiz o meu trabalho e agora estou aproveitando o máximo possível as partidas em que eu atuo. Fiz um bom jogo novamente contra a Fiorentina, apesar de estar um pouco cansado na segunda etapa por causa de uma pancada que eu levei”, complementou.

Paulinho foi cogitado para retornar ao futebol brasileiro. Ele teve o seu nome ligado a Corinthians, Internacional e até o rival São Paulo, porém, não quis confirmar os clubes interessados.

“Tiveram clubes do Brasil e da Europa, mas eu, junto com a minha e esposa, que está grávida novamente, e meu representante, decidi continuar nos mais de três meses de temporada. Estou feliz, mas é claro que no início, quando você não está jogando, você fica um pouco para baixo. Eu estava meio puto, mas não com ninguém. Só queria o meu espaço”.

Com a camisa do Tottenham, Paulinho tem 63 jogos e 10 gols. Ele não assegura que vá cumprir o contrato até metade de 2017.

“Pelos clubes que eu passei eu sempre procurei cumprir o meu contrato. Se eu vou cumprir esse ou não, não sei. É difícil falar do futuro. Mas o que eu garanto é até o final da temporada. Não sei se no ano que vem vou continuar ou não”.

crédito foto: Divulgação



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)