Em carta, Guerrero pede para humorista peruano parar de imitá-lo

guerrero

O peruano Guerrero sempre foi uma das pessoas mais conhecida em seu país e isso aumentou ainda mais depois que ele voltou para a América do Sul,para atuar no Corinthians. Seu prestigio, no Peru, subiu ainda mais quando o atacante fez o gol do Mundial contra o Chelsea e deu o título para o Timão. A consequência disso seria sua popularidade aumentar e também as brincadeiras por parte dos humoristas, mas o camisa 9 do Alvinegro deu um basta na parte das gozações.

LEIA MAIS
Andrés pede desculpas a torcedor e diz que entregará Arena Corinthians em dois meses
Mercado da Bola: Atacante Luciano negocia sua saída do Corinthians

Isso porque Guerrero pediu, através de uma carta feita por seu advogado, para que o humorista Carlos Álvarez parasse de imitá-lo. Quem afirmou isso foi o próprio comediante em uma TV peruana. Álvarez era responsável pelo personagem “Paolín Linlin” e ele confirmou que o atacante pediu para que não usasse mais sua imagem, pois ela poderia ser prejudicada.

“Nós já conversámos sobre isso, ele, inclusive, já foi em um dos meus programas com seus pais. O que lhe incomodava era que, às vezes, quando chegava no aeroporto era chamado de “Paolín”, explicou Carlos Álvarez.

O comediante ainda completou que não tem nada contra Guerrero ou outras pessoas que imita e que só fazia aquilo por diversão.

“É uma personagem totalmente fictícia, não tenho nada contra qualquer pessoa que faço imitações. Só quero que as pessoas se divirtam e deêm risada. Eu entendo a carta, mas só quero deixar claro que não tenho nada contra ele”, finalizou o comediante.

Assista a uma exibição de Carlos Álvarez, o “Paolín” e veja se é igual a Guerrero:

Foto: Reprodução



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.