Deputados querem criar o Dia do Corinthians

Getty Images

Os deputados federais Andrés Sanchez (PT-SP) e Goulart (PSD-SP) apresentaram no início de seus trabalhos na Câmara dos Deputados um projeto para homenagear o Corinthians. Os congressistas querem uma Lei Federal para instituir Dia do Corinthians, a ser comemorado no dia 1º de setembro, data de fundação do Timão.

LEIA MAIS:
Pesquisa inédita mostra as melhores formas de publicidade no futebol brasileiro; veja
Corinthians e Caixa renovam patrocínio master por um ano

Segundo Goulart, a medida não é necessária para que a data fique assim conhecida, contudo, um projeto desse tipo não criaria nenhum empecilho e agradaria a parcela do corinthiana dos torcedores de futebol no Brasil e no mundo:

“Não que seja necessário (uma lei), mas é uma coisa que não causa nenhum prejuízo também. Não tem o menor problema você ter uma data comemorativa”, disse o deputado ao Terra. Para virar lei, o texto precisa ser aprovado na Câmara e no Senado, e depois sancionado pela presidente da República, Dilma Rousseff.

Com 104 anos de história, o Corinthians é um dos clubes mais importantes da história do futebol brasileiro. Fora das quatro linhas, a Democracia Corinthiana foi uma peça importante no processo de redemocratização do Brasil na década de 1980. No projeto apresentado por Sanchez e Goulart, é destacado a importância do time paulista para a história do Brasil:

“A história do Corinthians se funde com a própria história do esporte brasileiro e de sua sociedade, já que o Clube foi fundado por um grupo de operários e foi o primeiro clube de futebol paulista a aceitar jogadores pobres, além de ser o segundo no Brasil a aceitar atletas negros. Portanto a história do Corinthians, e sua contribuição para a sociedade brasileira, é muito maior do que simplesmente o jogo de futebol”.

O projeto de Lei 324/2015 foi apresentado no dia 11 de fevereiro e aguarda despacho do Presidente da Câmara dos Deputados.

Foto: Getty Images