Demitido, Roque Jr explica polêmica com a imprensa

Foto: Divulgação/Site oficial XV de Piracicaba

Campeão do mundo pela seleção brasileira em 2002, o ex-zagueiro Roque Jr estreou como técnico no comando do XV de Piracicaba. No entanto, a experiência terminou após uma campanha de cinco derrotas em seis jogos no Campeonato Paulista.

“No Brasil tem a questão do resultado a curto prazo, acho que isso que acabou determinando minha primeira experiência como treinador”, decretou o ex-jogador durante entrevista ao “Sportv”. A comparação faz referência à passagem de Roque Jr pelo futebol europeu, onde jogou por equipes como Milan, Bayer Leverkusen e Leeds United.

Roque Jr também foi criticado por se desentender com a imprensa de Piracicaba. Os jornalistas de rádio desistiram de acompanhar a coletiva após mais uma derrota do XV.

“Acredito que foi uma falta de comunicação entre as partes. Normalmente quando acaba o jogo eu gosto de conversar com meus auxiliares antes de ir para coletiva. Para mim é sempre um ritual, mas acho que até pelo resultado no último jogo eles não quiseram esperar, até porque eu nunca deixei de atender os jornalistas”, defendeu-se.

Apesar da má campanha, o ex-técnico classifica a experiência no interior de São Paulo como produtiva. “Saio satisfeito porque consegui impor a metodologia de jogo e de treinos. O que me propus a fazer aconteceu, que era transmitir a ideia de jogo que tinha na minha cabeça para os jogadores no campo”, avaliou ele, que está com 38 anos.

Livre para negociar com outros clubes, Roque Jr aguarda propostas. “Sempre trabalhei muito com números, com estatísticas, para analisar a evolução do jogo. Não é só a experiência como atleta que conta, mas vou aproveitar tudo o que adquiri como conhecimento para aplicar na próxima oportunidade que eu tiver”, concluiu.

(Foto: Divulgação/Site oficial XV de Piracicaba)