Adriano Imperador tem carro confiscado em blitz e reclama na web

Reprodução/Instagram

Longe dos gramados a quase um ano, Adriano Imperador ainda consegue chamar a atenção se envolvendo em polêmicas. Na noite da última terça-feira,, Adriano foi parado por uma blitz da Lei Seca, no Rio de Janeiro. Os policiais que armavam a operação impediram o ex-jogador de prosseguir e encaminharam sua Mercedes para o depósito do Detran.

LEIA MAIS:
Sky Sports compra direito de transmissão da MLS por quatro anos
Valdivia demostra recuperação e já participa de futevôlei na Academia

Dessa vez, Adriano que é conhecido pelas festas e baladas não foi advertido por consumo de bebida alcoólica. O carro estava sem a placa da frente e o Imperador ficou irritado com a ação da polícia: “Roubaram a placa do meu carro, fui parado na lei seca, o detran levou meu carro… tá de sacanagem…”, escreveu o ex-jogador no Instagram junto a uma foto do veículo. “Pra depois as pessoas falaram que eu não estava errado… Arrancaram a placa da frente do meu carro… E levaram meu carro… Estou falando que isso é errado”, continuou.

O atacante, que em abril do ano passado anunciou seu desligamento do Atlético Paranaense, não explicou como e onde a placa de seu carro foi roubada. Adriano também não explicou porque sua ida para o Le Havre, da segunda divisão da França, não deu certo. O clube tentou sua contratação na última janela de transferências mas não teve investimento suficiente.

A possível ida do Imperador para a França coincidiu com uma denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro em que o ex-jogador foi acusado de estar envolvido com o tráfico de drogas ao comprar uma moto e dar o veículo de presente a um traficante da Vila Cruzeiro, subúrbio fluminense, onde foi criado. Adriano registrou a moto no nome da mão de Rogério Souza Paz, conhecido como Mica, que por anos liderou uma quadrilha da região.

A denúncia foi encaminhada a 29º Vara Criminal do Tribunal de Justiça no final de 2014 e segue sendo investigada. No mesmo período, além da equipe francesa, Adriano iniciou uma conversa com o Guaratinguetá, da segunda divisão Paulista, mas nada foi concretizado e o atacante está a um mês de completar um ano longe dos gramados.

Crédito da foto: Reprodução/Instagram



Jornalista Esportivo formado pelo Mackenzie e pela UCLA com passagem pela Rádio Bandeirantes, fundador do perfil Arquivo do Futebol (@futebolarquivo) e jornalista do MLS Brasil. Escreve para o Torcedores.com desde 2014. Twitter: @paulogcanova