Tenista russa de 23 anos morre durante treinamento

Facebook

A tenista russa Violetta Degtiareva, de apenas 23 anos, morreu durante um treinamento na última terça-feira (13). Segundo o site Punto de Break, a atleta sofreu um ataque cardíaco.

LEIA MAIS
Meia belga do Wolfsburg morre em acidente de carro na Alemanha
Morre o francês Jean-Pierre Beltoise, ex-piloto de F1
Jogadora de basquete de 16 anos morre durante partida na Espanha
Jogador morre após comemorar com gol com pirueta na Índia

A russa disputava o circuito mundial desde 2009 e, atualmente, se encontrava em 1084º no ranking da WTA. Ela entrou em quadra pela última vez, por um torneio oficial, no dia 17 de novembro do ano passado, quando perdeu para a austríaca Marlies Szupper, por 2 sets a 0, em Antalya, na Turquia.

A notícia da morte de Violetta foi confirmada pela tenista Anastasia Vdovenco que publicou uma foto no Facebook com a legenda: “RIP, não posso crer. Que descanse em paz”.

“Uma tragédia aconteceu. A maravilhosa Violetta Degtiareva se foi. Ela tinha apenas 23 anos. Dói me dar conta disso. Violetta amava o tênis. Há alguns meses, ela treinou, conversou, riu e fez planos para o futuro com minha filha, mas hoje não está mais aqui”, postou no Facebook Tatiana Vdovenko, mãe de Anastasia.



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.