Repórter desinformada dá show em entrevista do botafoguense Bill

Muitos dirigentes, jogadores e torcedores reclamam da falta de qualidade da imprensa esportiva brasileira. E nessa semana, um episódio contribuiu para reforçar o rótulo. Durante a primeira entrevista coletiva de Bill, novo atacante do Botafogo, uma repórter carioca demonstrou estar totalmente despreparada para exercer a função.

LEIA MAIS:
Torcida do Botafogo justifica título de a melhor do Brasil; veja

Na primeira participação, a profissional disse a Bill que o Ceará, time anterior do jogador, havia subido para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O atleta respondeu. “O Ceará não subiu. Infelizmente ficou na segunda divisão. Por seis pontos não subimos”.

Na sequência, antes de iniciar mais uma pergunta, a jornalista disse que em conversa minutos antes da coletiva, o pai do atacante havia confessado ser torcedor do Fluminense e revelou que o filho teve problemas com mulheres durante a passagem por Fortaleza. Bill rebateu. “Sou muito bem casado. Graças a Deus. Isso que ele falou é mentira. E outra coisa: meu pai faleceu. Só se ele saiu do caixão”, afirmou provocando risos na sala de imprensa. Que coisa!

Confira o vídeo:

 

foto: Reprodução



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)