Opinião: Sesi-SP é a decepção da Superliga Masculina

Reprodução/Facebook

O Sesi-SP acumula em sua trajetória dessa superliga masculina de vôlei, grandes vitórias contras os líderes da competição, mas, o time é mais conhecido pela série de derrotas para equipes com menor investimento, e que brigam pela parte de baixo da tabela.

LEIA MAIS

Bruninho é campeão da Copa Itália com o Modena Volley

Opinião: O que esperar do vôlei brasileiro em 2015?

A última derrota da equipe foi para a UFJF (MG), o time de Marcos Pacheco novamente mostrou a instalabilidade em suas atuações e perdeu por 3 sets a 2. O mais incrível disso tudo é que o time vinha de uma vitória arrasadora diante do Taubaté por 3 a 0.Com essa derrota, o Sesi-SP ocupa a quinta colocação da superliga masculina. O time está atrás do Minas Tênis Clube que com um time mais modesto consegue ser superior ao time da capital paulista.

Outra decepção da temporada para o clube foi a saída na primeira fase da Copa Brasil de Vôlei. O time perdeu em casa para o Canoas por 3 sets a 1, em casa, e foi eliminado da competição.

O torcedor da Vila Leopoldina deve estar se perguntando o motivo dessa falta de consistência do time. Uma das respostas é a falta de um oposto em que o levantador Marcelinho possa confiar. No início da competição a vaga era de Théo, jogador que fez muito sucesso no vôlei argentino última temporada. Atualmente, quem está sendo escalado é o jovem Rafael, que se destacou com seleções e clubes de base.

Fato é que se o time paulista não ficar de olhos bem abertos, pode ser eliminado da superliga ainda nas quartas de final da competição. Se a fase de grupos terminasse hoje, o time iria enfrentar o Minas, que ganhou no turno por 3 a 2, em jogo disputado em São Paulo. Se isso realmente acontecer, mudanças serão feitas na Vila Leopoldina.