Nani Roma vence especial; catari dispara no Rally Dakar

O espanhol Nani Roma e o francês Michel Périn venceram a nona especial do Rally Dakar, etapa disputada durante esta terça-feira (13), entre as cidades de Iquique e Calama, no Chile. A dupla, que conquistou sua primeira vitória em um estágio na prova deste ano e deixou a disputa pelo bicampeonato nos primeiros quilômetros da primeira especial, percorreu os 450 quilômetros da etapa em 4h41min56s.

LEIA MAIS:
F1 aumenta peso entre carro e piloto

O dia foi dominado pelos competidores da equipe Mini, que ficaram com as três primeiras posições. Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, lideres do Dakar 2015, ficaram com a segunda colocação, após completarem a especial de hoje 6min27s mais lentos em relação a dupla espanhola. Vladimir Vasilyev e Konstantin Zhiltsov completaram a lista dos três primeiros colocados.

A primeira dupla que não compete com um carro Mini a completar o estágio desta terça-feira foi a formada pelo sul-africano Giniel de Villiers e do alemão Dirk Von Zitzewitz. O grupo dos cinco melhores foi completo por Yazeed Alrajhi e Timo Gottschalk. As duas duplas participam do Dakar pela Toyota.

O dia foi marcado pelo abandono da única dupla brasileira na disputa da prova, formada por Guilherme Spinelli e Youssef Haddad. No vigésimo quilômetro da etapa de hoje, um problema na direção hidráulica do Mitsubishi obrigou o duo a retornar ao acampamento. Como não conseguiram completar o trecho, os dois acabaram desclassificados.

Com o abandono de Spinelli e Haddad, o único brasileiro disputando o Dakar entre os carros é o navegador Eduardo Sachs, que participa do rali ao lado do português Ricardo Leal. Com um Nissan, a dupla terminou a etapa com a 29ª posição do dia, com o tempo de 6h42min37s.

Após a etapa desta terça-feira, Nasser Al-Attiyah e Mattieu Baumel seguem na liderança do Dakar, com 31h29min38s acumulados, 23min58s a frente dos segundos colocados, Giniel de Villiers e Dirk Von Zitzewitz. Yazeed Alrajhi e Timo Gottschalk são os terceiros colocados, enquanto Ricardo Leal e Eduardo Sachs aparecem na 28ª colocação.

Nesta quarta-feira (14), os pilotos do Dakar retornarão à Argentina, uma vez que sairão de Calama em direção à Cachi, na província de Salta. A especial terá 358 quilômetros.

Foto: Frederic Le Floch



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.